Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
39.328 pessoas
Área da unidade territorial 2015
237,738 km²
Densidade demográfica 2010
157,40 hab/km²
Prefeito 2017
PAULO HENRIQUE DA SILVA GOMES

Histórico

Leia
Salinópolis Pará - PA Histórico O ATUAL cidade de Salinópolis, localizada na zona fisiográfica do Salgado, teve início no governo de André Vidal de Negreiros, na época, Capitão-General dos Estados do Maranhão e Pará. A sua origem histórica remonta a 1656, quando Negreiros incumbiu o Capitão-Mor do Pará, Feliciano Correa, de estabelecer uma atalaia para indicar a estrada da Barra de Belém, por meio de tiros de canhão. Essa iniciativa tinha como objetivo, previnir o sinistros de afundamento de embarcações nos recifes da costa paraense. O projeto fora implantado numa ponta saliente de terra numa ilha contígua à baia de Virianduba. Com isso, a região prosperou e, pouco tempo depois, já estava formado alí, o povoado que determinou-se Salinas, por ter existido uma salina no litoral desse território, cuja exploração datou dos idos coloniais. Em 1781, a localidade adquiriu categorias de Freguesia com o nome de Nossa Senhora do Socorro de Salinas e também de Vila, que foi extinta, em 1833. Em 1882, Salinas foi elevada a município, cuja instalação ocorreu em 1884. Obteve ainda, foros de Cidade, em 1901. Entretanto, no ano de 1930, o município sofreu nova extinção, ficando o seu território anexado ao de Maracanã, até 1933, quando ocorreu sua emancipação político administrativa. Em virtude da legislação federal proibir a duplicidade de nomes de cidades e vilas, em 1943, Salinas passou a chamar-se Salinópolis. O topônimo de origem portuguesa, significa “cidade de Salinas”. Aos habitantes locais dá-se a denominação de “salinopolitanaos”. Gentílico: salinopolitano ou salinense Formação Administrativa Elevado à categoria de vila com a denominação de Salinas, pela lei provincial nº 1081, de 02-11-1882, desmembrado do município de Maracanã ex-Cintra. Instalado em 1884. Elevado à categoria de cidade e sede municipal com a denominação de Salinas, pela lei estadual nº 797, de 22-10-1901. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município aparece constituído de 2 distritos: Salinas e São João de Pirabas. Pelos decretos estaduais nºs 6, de 04-11-1930 e 78, de 27-12-1930, o município de Salinas é extinto, sendo seu território anexado ao município de Maracanã. Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Salinas, pelo decreto nº 1002, de 29-06-1933, desmembrado de Maracanã. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído do distrito sede. Em divisão territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 3 distritos: Salinas, Japerica e São João de Pirabas. Pelo decreto estadual nº 31-03-1938, o município adquiriu o extinto distrito de São João de Pirabas. Pelo decreto-lei estadual nº 4505, de 30-12-1943, o município de Salinas passou a denominar-se Salinópolis. No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município já denominado Salinópolis é constituído de 3 distritos: Salinópolis, Japerica e São João de Pirabas. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 3 distritos: Salinópolis, Japerica e São João de Pirabas. Pela lei estadual nº 2460, de 29-12-1961, desmembra de município de Salinópolis os distritos de Japerica e São João de Pirabas. Para formar o novo município de Primavera. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005. Alteração toponímica municipal Salinas para Salinópolis alterado, pelo decreto-lei estadual nº 4505, de 30-12-1943.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "1506203" }