Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
53.358 pessoas
Área da unidade territorial 2015
2.265,349 km²
Densidade demográfica 2010
22,58 hab/km²
Prefeito 2017
ANTONIO ALMEIDA NETO

Histórico

Leia
Acopiara Ceara Historico No povoamento da região compreendida entre os limites do atual Município de Acopiara, nas primeiras décadas do século 18 começou por ser concedida, em 4 de julho de 1719, ao Alferes Antonio Vieira Pita, pelo Capitão-mor Salvador Alves da Silva, uma sesmaria no riacho Quincoê, medindo três léguas de terra pelo dito acima e meia de largo para cada banda. Com o tempo foram chegando famílias que se fixaram, entre as primeiras destas a família Pereira Silva. Como o terreno se apresentasse muito pedregoso tomou o nome de Lages, nome que acabou designando concentração humana que aí se adensou, bem como o da estação de Estrada de Ferro de Baturité (Rffsa), inaugurada em 10 de julho de 1910. O Município foi criado, desmembrando-se do então distrito de Iguatu, pela Lei nº 1875, de 28 de setembro de 1921, com sede núcleo de Lages, então elevado a vila, e inaugurou-se a 14 de janeiro de 1922. Elevada a sede à categoria de cidade, em virtude do Dec. nº 448, de 20 de dezembro de 1938. Foi seu primeiro Prefeito Celso de Oliveira Castro, que ali fixando residência e juntamente com o Monsenhor José Coelho da Rocha, vigário de Iguatu, muito trabalhou pelo desenvolvimento da nova comuna. Criada por D. Quintino Rodrigues de Oliveira, 1º Bispo de Crato, a Freguesia data de 12 de outubro de 1921, desmembrada da de Iguatu, tendo sido seu primeiro vigário o Pe. Leopoldo Rolim. A padroeira é N. S. do Perpétuo Socorro. A igreja matriz foi fundada por Mons. José Coelho da Rocha, cujo nome é homenageada numa das praças da cidade. Existe um núcleo protestante, formado na Fazenda Logradouro pelo pastor Lacy WardIaw, norte-americano, e um da Congregação Cristã do Brasil, fundado por José Pinheiro, em 14 de julho de 1962. Lages era a primitiva denominação que o Dec. nº 1.156, de 4 de dezembro de 1933, mudou para Afonso Pena. Em virtude do Dec. nº 1.114, de 30 de dezembro de 1943, tomou o nome de Acopiara, que é de formação tupi composição de aco roça, roçado, cultura, pi de pina, limpar ou tratar, e ara prefixo que indica agente. Donde: Aco-pi-ara o que cultiva, o lavrador ou agricultor, alusão à circunstância de ser o Município um dos mais agrícolas do Ceará. Gentilico Acopiarense. Formação Administrativa Distritos : Acopiara(sede), Barra do Ingá, Ebron, Isidoro, Quincoe, Santa Felicia, Santo Antonio, São Paulinho, Solidão, Trussu.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "2300309" }