Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
17.977 pessoas
Área da unidade territorial 2015
1.759,401 km²
Densidade demográfica 2010
10,15 hab/km²
Prefeito 2017
FRANCISCO GLAIRTON RABELO CUNHA

Histórico

Leia
Jaguaretama Ceará - CE Histórico Palco de sangrenta luta fraticida o riacho das Pedras, tinto de sangue, passou a se chamar riacho das Pedras, tinto de sangue, passou a se chamar Riacho do Sangue. Desde 1784 já era sede da freguesia de Nossa Sra. da Conceição, criada por Provisão de 6 abril com território desmembrado do Curato de Icó. A Resolução Provincial de 6 de maio de 1833 elevou aquela povoação, primeira sede do atual município de Jaguaribe, à categoria de Vila. O município foi criado pela lei nº 1179 de 29 de agosto de 1865 com sede no núcleo Riacho do Sangue, então reerguido em vila com o nome de Riachuelo. Extinto por vários Decretos, finalmente pelo decreto nº 488 de 20 de dezembro de 1938, a vila do Riacho do Sangue passou a denominar-se Frade, sendo elevada à categoria de cidade. A crônica popular registra que rico fazendeiro, prestigiado em toda zona, por razões desconhecidas, resolveu abandonar a vida do campo e internar-se num Claustro para ser frade. Daí chamarem o lugar como sítio do Frade. Em 1956, o topônimo Frade cedeu lugar ao de Jaguaretama pela lei nº 3.155 de 8 de maio. Origem do Topônimo: Jaguaretama é composição artificial, pretendendo significar lugar ou região de Jaguar ou Onça. Gentílico: jaguaretamense Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Riacho de Sangue, por provisão de 06-04-1784. Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Riacho de Sangue, pela resolução de 06-05-1833, desmembrado de Curato de Icó. Sede no núcleo de Riacho de Sangue. Instalado em 01-01-1997. Pela lei nº 518, de 01-08-1850, transfere a sede do núcleo de Riacho de Sangue para o núcleo de Cachoeira. Elevado à categoria de município com a denominação de Riachuelo, pela lei provincial nº 1179, de 29-08-1865. Sede no núcleo de Riacho de Sangue. Pela lei municipal nº 1567, de 09-09-1873, é extinto o município, sendo seu território anexado ao município de Cachoeira, como simples distrito. Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Riacho de Sangue, pela provincial nº 1822, de 01-09-1879, desmembrado de Cachoeira. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município aparece constituído de 2 distritos: Riacho Sangue e Santa Rosa. Pela lei nº 1794, de 09-10-1920, o município é extinto novamente, sendo seu território anexado ao município de Jaguaribe-Mirim, como simples distrito. Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Riacho de Sangue, pela provincial nº 2392, de 08-09-1926, desmembrado de Jaguaribe-Mirim. Pelo decreto estadual nº 193, de 20-05-1931, o município é extinto, sendo seu território anexado ao município de Jaguaribe-Mirim, como simples distrito. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, Riacho de Sangue figura com distrito de Jaguaribe-Mirim. Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Riacho de Sangue, pelo decreto estadual nº 1540, de 03-05-1935, desmembrado de Jaguaribe-Mirim. Sede no antigo distrito de Riacho de Sangue. Constituído do distrito sede. Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 4 distritos: Riacho de Sangue, Poço Comprido, Santa Rosa e Torrões. Pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938, o município de Riacho de Sangue passou a denominar-se Frade. Sob a mesmo decreto acima citado é extinto o distrito de Torrões, sendo seu terrritório anexado aos distritos de Frade e Poço Comprido, ambos do mesmo município de Frade. No quadro fixado para viagorar no período de 1939-1943, o município já denominado Frade é constituído de 3 distritos: Frade, Poço Comprido e Santa Rosa. Pelo decreto estadual nº 1114, de 30-12-1943, o distrito de Poço Comprido passou denominar-se Upabussu e o distrito de Santa Rosa a denominar-se Jaguaribara. Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município já denominado Frade é constituído de 3 distritos: Frade, Juaguaribara e x-Santa Rosa e Upabussu ex-Poço Comprido. Pela lei estadual nº 1153, de 22-11-1951, o distrito de Upabussu voltou a denominar-se Poço Comprido. Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é consituído de 3 distritos: Frade, Poço Comprido ex-Upabussu e Jaguaribara. Pela lei estadual nº 3155, de 08-05-1956, o município de Frade passou a deominar-se Jaguaretama. Pela lei estadual nº 3550, de 09-03-1957, desmembra do município de Jaguaretama ex-Frade o distrito de Jaguaribara e Poço Comprido. Para formar o novo município de Jaguaribara. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005. Alterações toponímicas municipais Riacho de Sangue para Frade alterado, pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1943. Frade para Jaguaretama alterado, pela lei estadual nº 3155, de 08-05-1956.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "2306702" }