Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
30.378 pessoas
Área da unidade territorial 2015
861,828 km²
Densidade demográfica 2010
33,89 hab/km²
Prefeito 2017
RILDSON RABELO VASCONCELOS

Histórico

Leia
Tabuleiro do Norte Ceará - CE Histórico Tabuleiro do Norte teve como seus primeiros habitantes os índios que residiam na conhecida Aldeia Velha, os quais, segundo os mais antigos, pertenciam a duas tribos dos Tapuios. Por volta de 1725, o Padre Francisco Alves Alarcon, vigário de Pau-dos-Ferros, no Rio Grande do Norte, comprou a fazenda São José (pertencem a família Marrecas) onde hoje se localiza a cidade de Tabuleiro do Norte, berço natural de um novo povoamento. Corria o ano 1766, quando a esposa do licenciado Francisco Maia Alarcon, que sofria de um câncer no seio, teve um sonho, onde foi lhe revelado, que a mesma obteria a cura se construísse uma ermida em honra a Nossa Senhora das Brotas. No entanto, nem a enferma e nem o esposo tinha notícia dessa devoção. Em seguida com a família certificando-se de que Nossa Senhora das Brotas era reverenciada sob essa invocação em terras portuguesas, a promessa de construir uma capela foi cumprido e a piedosa senhora obteve a cura desejada. A imagem de Nossa Sanhora das Brotas vinda da Bahia de todos os Santos, foi colocada no altar Mór da respectiva capela em 1770. Em torno da capela de Nossa Senhora das Brotas cresceu o Arraial Taboleiro de Areia, cujo destaque foi a criaçaõ de um colégio dirigido por Maia Alarcon, que chegou a receber 70 alunos para aprendizagem do latim. O colégio fechou suas portas em 1796 devido a enfermidade de seu diretor, que veio a falece em 1798, sendo sepultado na capela por ele mesmo edificada. Em 1785, a capela foi ampliada por André Nogueira ribeiro , que ergueu sua torre principal tempo depois a antiga capela foi demolida para da lugar a atual matriz de Nossa Senhora das Brotas. Em 1785 passou por Tabuleiro o missionário apostólico Capuchinho Frei Vital, ue em memória dessa missão erigiu um grande cruzeiro em ferente a capela. Ainda existe esste cruzeiro só não no mesmo lugar de sua edificação. O topônimo tem origem na elevação arenosa e plana(tabuleiro) em que se encontra a cidade que também já chamou-se de Joaquim Távora e ibicuibepa. Gentílico: tabuleirense Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Taboleiro de Areia, pelo ato provincial de 18-03-1842, subordinado ao município de Limoeiro. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Taboleiro de Areia figura no município de Limoeiro. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-12-1936 e 31-12-1937. Pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938, o distrito de Taboleiro de Areia passou a denominar-se simplesmente Taboleiro. No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito já denominado Taboleiro figura no município de Limoeiro. Pelo decreto-lei estadual nº 1.114, de 30-12-1943, o distrito de Taboleiro passou a denominar-se Ibicuipeba e o município de Limoeiro a denominar-se Limoeiro do Norte. Em divisão territorial datada de 01-07-1950, o distrito já denominado Ibicuipeba figura no município de Limoeiro do Norte ex-Limoeiro. Pela lei estadual nº 1.153, de 22-11-1951, o distrito de Ibicuipeba passou a denominar-se Tabuleiro do Norte. Em divisão territorial datada de 01-07-1955, o distrito já denominado Taboleiro do Norte permanece no município de Limoeiro do Norte. Elevado à categoria de município com a denominação de Tabuleiro do Norte, pela lei estadual nº 3.815, de 13-09-1957,desmembra de Limoeiro do Norte e instalado em 08-06-1958. Sede no antigo distrito de Tabuleiro do Norte. Constituído de 2 distritos:Tabuleiro do Norte e Olho D`Água da Bica, ambos desmembrados de Limoeiro do Norte. Em divisão territorial datada de 01-07-1960, o município é constituído de 2 distritos: Tabuleiro do Norte e Olho D`Água da Bica. Pela lei estadual nº 6.967, de 19-12-1963, desmembra do município deTabuleiro do Norte o distrito de Olho D`Água da Bica. Elevado à categoria de município. Pela lei estadual nº 7.023, de 27-12-1963, é criado o distrito de Peixe Gordo e anexado ao município de Tabuleiro do Norte. Em divisão territorial datada de 31-12-1963, o município é constituído de 2 distritos: Tabuleiro do Norte e Peixe Gordo. Pela lei estadual nº 8.339, de 14-12-1965, é extinto o município de Olho D`Água da Bica, sendo seu território anexado ao município de Tabuleiro do Norte. Em divisão territorial datada de 31-12-1968, o município é constituído de 3 distritos: Tabuleiro do Norte, Olho D`Água da Bica e Peixe Gordo.Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005. Alterações toponímicas municipais Taboleiro de Areia para Taboleiro alterado, pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938.Tabuleiro para Ibicuipeba alterado, pelo decreto-lei estadual nº 1.114, de 30-121943.Ibuipeba para Tabuleiro do Norte alterado, pela lei estadual nº 1.153, de 22-11-1951.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "2313104" }