Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
36.257 pessoas
Área da unidade territorial 2015
1.602,479 km²
Densidade demográfica 2010
21,69 hab/km²
Prefeito 2017
ALAN JEFFERSON DA SILVEIRA PINTO

Histórico

Leia
Apodi Rio Grande do Norte - RN Histórico Os primeiros a pisarem o território do atual Município de Apodi teriam sido Alonso de Hojeda, almirante de Espanha, e seus companheiros de viagem: João de la Cosa e Américo Vespúcio, que chegaram à desembocadura do rio Apodi no dia 24 de junho de 1499, tomando estas terras o nome de Missão de São João do Apodi. Por mais de século e meio ficaram estas terras abandonadas. A colonização na 'Ribeira do Apodi' tivera início, com a concessão de sesmarias, em 19 de abril de 1680, aos irmãos Manoel Nogueira e sua mulher D. Maria de Oliveira Correia e seu irmão Baltazar Nogueira, que ali se estabeleceram com fazendas agropecuárias. Na vigência da 'Sublevação Geral' dos índios potiguares e tapuias (1687-96), os irmãos Nogueira e seus familiares foram obrigados ao abandono de suas propriedades, só regressando anos depois, sendo Manoel Nogueira nomeado capitão-mor. As terras do Apodi foram bem exploradas e o local experimentou vivo surto de desenvolvimento, devido à catequese dos índios paiacus, aldeados na 'Aldeia do Apodi', que foi núcleo originário da atual cidade. Em 1761, foi extinta a Missão do Apodi, transferidos os índios, criada a Freguesia das Várzeas do Apodi, com sede na antiga missão. O Município surgiu em 1833, desmembrado do de Portalegre. A criação do Distrito data de 1766. O Município, criou-o, com território desmembrado de Portalegre, a Resolução do Conselho do Governo da Província, de 11 de abril de 1833, confirmada pela Lei provincial n.° 18, de 23 de março de 1835. Apodi obteve foros de Cidade pela Lei provincial n.° 988, de 5 de março de 1887. É sede de Comarca, de segunda entrância com 4 termos: Felipe Guerra, Severiano Melo; Rodolfo Fernandes e Itaú. Gentílico: apodiense Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Apodi, 1766. Elevado à categoria de vila com a denominação de Apodi, pela Resolução do Conselho do Governo de 11-04-1833, confirmada pela lei provincial nº 18, de 23-03-1835, desmembrado de Portalegre. Elevado à condição de cidade e sede municipal com a denominação de Apodi, pela lei provincial nº 988, de 05-03-1887. Pela lei municipal de 09-01-1911, é criado o distrito de Itaú e anexado ao município de Apodi. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 2 distritos: Apodi e Itaú. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950. Pela lei estadual nº 1026, 11-12-1953, desmembra do município de Apodi o distrito de Itaú. Elevado à categoria de município. Pelo Acórdão do Superoir Tribunal Federal, de 13-09-1954, representação nº 217, o município adquiriu as terras do extinto município de Felipe Guerra, como simples povoado. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede. Pela lei estadual nº 2926, de 18-09-1963, o povoado de Felipe Guerra é elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "2401008" }