Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
33.949 pessoas
Área da unidade territorial 2015
245,408 km²
Densidade demográfica 2010
125,98 hab/km²
Prefeito 2017
MARIA DE FÁTIMA BORGES MARINHO

Histórico

Leia
Canguaretama Rio Grande do Norte - RN Histórico O primeiro núcleo colonizador do município deu-se com apovoação de Uruá, que passou a chamar-se Vila de Canguaretama, em virtude da transferência da sede de Vila Flor, ocorrida com a expulsão dos Jesuítas, em 1885. O missionário capuchinho Frei Serafim de Catânia deu a Freguesia o nome de Penha, conservado por lei, nome pelo qual, ainda hoje, é conhecido pelos antigos moradores. A história de Canguaretama registra o episódio denominado “Martírio de Cunhaú”, em 1645, durante o domínio holandês, quando o judeu alemão Jacob Rabi, delegado de Conde Maurício de Nassau junto a tribo dos Janduís, ali chegou, convocando os moradores para um encontro pacífico, após a missa dominical. Nesse domingo, por ocasião da elevação da hóstia, mandou que os índios invadisse a capela, matando todos os presentes, e até os que se encontravam na casa grande do engenho foram massacrado, tendo-se salvo, apenas 3 pessoas. Gentílico: canguaretamense Formação Administrativa Elevado à categoria de vila com a denominação de Vila Flor, por carta Régia de 1769 e Resolução do Conselho do governo de 11-04-1833. Sede na povoação de Vila Flor. Pela lei provincial nº 367, de 19-07-1858, foi transferida a sede da povoação de Vila Flor para a povoação de Uruá com a denominação de Canguaretama. Elevado à condição de cidade com a denominação de Canguaretama, pela lei provincial nº 955, de 16-04-1885. Pela lei estadual nº 2, de 16-11-1892, são criados os distritos da Vila Flor e Baia Formosa e anexados ao município de Canguaretama. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 3 distritos: Canguaretama, Baía Formosa e Vila Flor. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído do distrito sede. Não figurando os distritos de Baía Formosa e Vila Flor. Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937. Pelo decreto-lei estadual nº 603, de 31-10-1938, é recriado o distrito com a denominação de Vila Flor e anexado ao município de Canguaretama. Pelo decreto-lei estadual nº 44, de 22-04-1940, baixado em comprimento ao decreto-lei Federal nº 2104, de 02-04-1940, o distrito de Vila Flor passou a denominar-se simplesmente Flor. No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 2 distritos: Canguaretama e Flor. Pela lei estadual nº 146, de 23-12-1948, o distrito de Flor passou a denominar-se Vila Flor. Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 2 distritos: Canguaretama e Vila Flor. Pela lei estadual nº 958, de 30-11-1953, é criado o distrito de Baía Formosa ex-povoado e anexado ao município de Canguaretama. Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 3 distritos: Canguaretama, Baía Formosa e Vila Flor. Pela lei estadual nº 2338, de 31-12-1958, desmembra do município de Canguaretama o distrito de Baía Formosa. Elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Canguaretama e Vila Flor. Pela lei estadual nº 3052, de 31-12-1963, desmembra do município de Canguaretama o distrito de Vila Flor. Elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007. Transferência de sede Pela lei Provincial nº 367, de 19-07-1858, transfere a sede da Vila Flor por Flor para a povoação de Canguaretama ex-Uruá.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "2402204" }