Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
18105 pessoas
Área da unidade territorial 2015
267.630 km²
Densidade demográfica 2010
63.13 hab/km²
Prefeito 2017
MANOEL BATISTA CHAVES FILHO

Histórico

Leia
Ingá Paraíba - PB Histórico A denominação Ingá, segundo alguns historiadores, originou-se do tupi-guarani, e significa - cheio d'água -. Quanto à sua formação, no que se refere aos primeiros habitantes, existe muita polêmica, uns afirmam ter sido o português Manoel da Costa Travassos que adquiriu licença para explorar as terras do atual município, onde fixou residência e dedicou-se à agricultura e à pecuária. Outros, comentam que em meados do século XVII, três fazendeiros, Francisco de Arruda Câmara, Gaspar Correia e a Sra. Cosma Tavares Leitão, já residiam no local, iniciando assim, o povoamento. Entretanto, em 1776, foi atraído para lá Manoel Francisco, que obteve uma data de terra, às margens do Cairaré, onde fixou moradia, dando impulso à povoação. Mais tarde, elevou-se à categoria de Vila com o nome de - Vila do Imperador -, posteriormente, substituído pelo de - Ingá -, através da Lei Provincial nº 3 de 1864. Gentílico: ingaense Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Vila do Imperador, pela lei provincial nº 2, de 05-071841. Elevado à categoria de vila com a denominação de Vila do Imperador, pela lei provincial nº 6, de 03-11-1840. Pela lei provincial nº 3, de 23-05-1846, a vila do Imperador passou a denominar-se Ingá. Pela lei estadual nº 152, de 18-05-1900, a vila foi extinta. Pela lei estadual nº 225, de 19-11-1904, é recriado a vila com denominação de Ingá. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão administrativa referente ao ano de 1933. Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 4 distritos: Ingá, Cachoeira de Cebola, Riachão do Bacamarte e Serra Redonda. Pelo decreto-lei estadual nº 1164, de 15-11-1938, o distrito de Cachoeira da Cebola passou a denominar-se Itatuba. No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 4 distritos: Ingá, Itatuba ex-Cachoeira de Cebola, Riachão do Bacamarte e Serra Redonda. Pela lei estadual nº 318, de 07-01-1949, é criado o distrito de Pontina ex-povoado com área desmembrada do distrito de Serra Redonda e anexado ao município de Ingá. Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 5 distritos: Ingá, Itatuba, Pontina, Riachão do Bacamarte e Serra Redonda. Pela lei estadual nº 992, de 17-12-1953, desmembra do município de Ingá o distrito de Serra Redonda. Elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de I-VII-1955, o município é constituído de 4 distritos: Ingá, Itatuba, Pontina e Riachão do Bacamarte. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960. Pela lei estadual nº 2603, de 1-12-1961, desmembrada do município de Ingá o distrito de Itatuba. Elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3 distritos: Ingá, Pontina e Riachão do Bacamarte. Pela Resolução do Senado Federal nº 55, de 25-11-1965, é extinto o distrito de Pontina, sendo seu território anexado ao distrito sede do município de Ingá. Pois o mesmo não teve seu limites fixados, conforme exigência da lei estadual nº 318, de 07-01-1949. Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído de 2 distritos: Ingá e Riachão do Bacamarte. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 17-I-1991. Pela lei estadual nº 5920, de 29-04-1994, desmembra do município de Ingá o distrito de Riachão do Bacamarte. Elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 15-VII-1997, o município é constituído de 2 distritos: Ingá e Pontina. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007. Alteração toponímica municipal Vila Imperador para Ingá alterado, pela lei provincial nº 3, de 23-05-1846.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "2506806" }