Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
8.587 pessoas
Área da unidade territorial 2015
264,025 km²
Densidade demográfica 2010
31,49 hab/km²
Prefeito 2017
JOAQUIM HUGO VIEIRA CARNEIRO

Histórico

Leia
Riacho dos Cavalos Paraíba - PB Histórico O sítio Riacho dos Cavalos foi a verdadeira origem do atual município que lhe levou o nome. Era pródigo em aguadas, razão porque o gado e cavalos da região, procuravam aquele lugar para ali matar a sede. O fato contribuiu igualmente para batizar o local como Riacho dos Cavalos. A colonização ou decoberta do teritório que hoje é o município, deu-se a par com a colonização de Catolé do Rocha, pelos idos de 1774, assim como as áreas que deram origem à formação dos municípios de Jericó, Bom Sucesso e Brejo dos Santos. Quanto a fundação do povoado, entretanto, as datas são outras. O terreno onde seria mais tarde implantada a cidade, pertencia ao Sr. Francisco Carneiro Vaz, conhecido na intimidade como 'Véi' Carneiro ou Major 'Véi', que doou parte de sua terra, para que servisse de patrimônio da Igreja que seria futuramente ali construída, sob a invocação de São Francisco, o santo de sua devoção, que seria óbvio, o padroeiro da cidade. A construção da Igreja foi iniciada pouco tempo depois, e só foi concluída em 1934. O começo da edificação da cidade propriamente dita, ocorreu com o início da construção do açude público em 1932, idealizado e construído na gestão do Dr. José Américo de Almeida quando Ministro de Viação e Obras Públicas. No local denominado 'Barrocas', foi iniciada a construção do açude público em 25-04-1932, pela Inspetoria Federal de Obras Contra as Secas, atualmente DNOCS, e concluída em 05-07-1933. O açude Riacho dos Cavalos, que também foi denominado Cabaibu, com seus 17.699.000 de metros cúbicos, foi o empreendimento de maior vulto e utilidade já executado no município, pois atraiu para a região os maiores benefícios de ordem econômica. Tal construção deu-se no momento de maior precisão por parte da população local, isto é, a seca de 1932/33 que assolou a região. Em 1932, quando o ministro José Américo autorizou a construção do açude público existia naquela localidade apenas duas casas, além da sede do sítio. Com a chegada de trabalhadores para o início das obras novas residências foram surgindo. Com o decorrer das obras, surgiu uma feira aos domingos que consistia na reunião de pessoas que trabalhavam na construção do açude e de outras que vinham trazer e expor à venda os produtos da região para serem comercializados. O local da referida feira era uma latada ou barraca improvisada que posteriormente fora substituída por um galpão de tijolo coberto com telhas que atendeu as necessidades da população por muitos anos. No local do citado galpão, encontra-se hoje o prédio da prefeitura municipal. Em 1933, quando foi concluída a construção do açude, a vila estava formada e pertenceu a Catolé do Rocha até sua emancipação política em 1961. Dentre as pessoas que procuraram fixar-se na futura cidade e que foram realmente pioneiras na sua edificação, destacam-se: o Sr. Antônio Carneiro, mais conhecido como seu Toinho da Várzea Redonda, tido como médico da região por vender homeopatia e ter bastante prática no receituário homeopático. No ramo comercial e agropecuário podemos citar, Antônio Felipe Carneiro, Paulo Andrade, Francisco Carneiro de Andrade, João Vieira Carneiro, Joca de Daniel, Sebastião Soares de Sousa, João Miguel e outros. Gentílico: riachoense ou riachense Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Riachos dos Cavalos, pelo decreto-lei estadual nº 520, de 31-12-1943, criado com partes dos territórios dos distritos Itacambá (atual Jericó) e Catolé do Rocha. Em divisão territorial datada de 01-07-1950, o distrito de Riacho dos Cavalos, figura no município de Catolé do Rocha. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-07-1960. Elevado à categoria de município com a denominação de Riacho dos Cavalos, pela lei estadual nº 2675, de 22-12-1961, desmembrado de Catolé do Rocha. Constituído do distrito sede. Instalado em 31-12-1961. Em divisão territorial datada de 31-12-1963, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-12-1968. Pela lei estadual nº 3971, de 13-03-1978, é criado o distrito de Timbaúba e anexado ao município de Riacho dos Cavalos. Em divisão territorial datada de 01-01-1979, o município é constituído de 2 distritos: Riacho dos Cavalos e Timbaúba. Em divisão territorial datada de 18-08-1988, o município aparece constituído apenas do distrito sede, não figurando mais o distrito de Timbaúba, pois o mesmo foi criado e não instalado. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "2512804" }