Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
136.706 pessoas
Área da unidade territorial 2015
335,942 km²
Densidade demográfica 2010
348,80 hab/km²
Prefeito 2017
JOSÉ AGLAILSON QUERALVARES JÚNIOR

Histórico

Leia
Data de 1626 o início do povoamento local, quando o português Diogo Braga, natural da ilha de Santo Antão do Cabo Verde, estabeleceu-se com a família no local onde hoje está a cidade de Vitória de Santo Antão. Dedicando-se sobretudo à criação de gado, tornou-se a região um conjunto de fazendas criadoras. Diogo Braga, não só por ser Santo Antão o padroeiro de sua terra natal como pelo fato de ser o mesmo santo considerado patrono contra o furto do gado, fez erigir sob a sua invocação uma pequena capela. Em 1645, quando travou-se a célebre batalha das Tabocas, já o núcleo populacional era bastante desenvolvido. Inicialmente conhecido como cidade de Braga, com a morte do fundador passou a chamar-se Santo Antão da Mata, denominação que derivou não do santo invocado, mas da proximidade da mata de São João. Em 1712, o desenvolvimento local fez com que o diocesano Dom Manual Álvares da Costa atendesse ao pedido dos moradores, criando ali uma freguesia. Por provisão do mesmo ano, foi elevada à categoria de paróquia com a mesma invocação de Santo Antão. Em 1811 foi elevada à categoria de vila e, em 1843, a vila de Santo Antão foi elevada à categoria de cidade, tendo seu nome sido mudado para Vitória, em homenagem à vitória dos pernambucanos sobre os holandeses na batalha do monte das Tabocas. Em 27 de junho de 1880, por motivo de lutas partidárias e em vésperas de eleições municipais, foi a cidade teatro de grande hecatombe, resultando grande número de feridos e mortos, entre os quais o barão de Escada, Pedro Francisco d’Albuquerque e Sá e outros.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "2616407" }