Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
10.709 pessoas
Área da unidade territorial 2015
165,251 km²
Densidade demográfica 2010
63,63 hab/km²
Prefeito 2017
JAIRON MAIA FERNANDES NETO

Histórico

Leia
Branquinha Alagoas - AL Histórico A história não registra muitas informações sobre as origens do município de Branquinha pois os documentos e demais informações que facilitariam o trabalho de pesquisa. foram destruídos pela enchente do rio mundaú, ocorrida em 1949. A Prefeitura Municipal de Murici, onde se encontravam os arquivos, foi totalmente inundada. Os historiadores conseguiram resgatar que a colonização da cidade começou por volta de 1870. Moradores recém-chegados de outras regiões foram instalando pequenos sítios. O lugar foi crescendo às margens do rio Mundaú. O progresso da região foi impulsionado a partir de 1955, quando lideranças locais começaram a lutar pela emancipação política. Nomes como Pedro Temóteo Filho, Manoel Gomes Peixoto e Emílio Elizeu Maia de Omena faziam parte desse grupo. Só em 1962, através de uma lei, é que o município conseguiu a emancipação, sendo desmembrado de Murici. A cidade de branquinha foi atingida por várias enchentes provocadas pelo rio Mundaú, depois dá de 1949, veio a de 1962, 1969 e 2000, deixando parte da população desabrigada e moradias demolidas, apesar da reconstrução, foram criados os conjuntos COAB, João Lira , Alto São Simeão e São Sebastião dando maior segurança aos moradores da cidade. Embora seja um município sem atrativos turísticos naturais, Branquinha chama a atenção de visitantes por conta da animada programação de festividades, garantida pela animação de sua população em boa parte do ano. Como atrativos turisticos o municipio oferece aos visitantes em janeiro, acontece a festa do padroeiro, São Sebastião (dia 20); fevereiro, um dos carnavais bastante animados da região ; a Emancipação Política (18 de maio); os festejos juninos e ainda o Festival da Batida, onde a iguaria é apreciada em diversos sabores (realizado entre os meses de novembro e dezembro). Além desses tem o mirante e a antiga estação ferroviaria. O sustentativo econômico do municipio é a lavoura destacando-se as plantações de cana-de-açucar, laranja, mandioca, batata bem como a pecuária. A feira livre apresenta um bom desenvolvimento em virtude da existência de 5 assentamentos com plantações de lavouras de subsistências, comercializadas na sede e nos municípios vizinhos. Localização: Situa-se na Microrregião da Mata Alagoana, sendo seus limites: União dos Palmares, Murici e Capela, Viçosa, Chã Preta, Santana do Mundaú, Joaquim Gomes e Flexeiras. Gentílico: branquinhense Formação Administrativa Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, figura no muicípio de Muricí, o distrito de Branquinha. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960. Elevado á categoria de município com a denominação de Branquinha, pela lei estadual nº 2446, de 18-05-1962, desmembrado de Muricí. Sede no antigo distrito de Branquinha. Constituído do distrito sede. Instalado em 03-08-1962. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "2701100" }