Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
27.938 pessoas
Área da unidade territorial 2015
685,780 km²
Densidade demográfica 2010
36,82 hab/km²
Prefeito 2017
EDUARDO TAVARES MENDES

Histórico

Leia
Traipu Alagoas - AL Histórico O significado do nome Traipu tem dus versões: segundo uns, quer dizer “muito Peixe”, segundo outros, “olho d’água do monte”. Conta-se que Pedro Gomes, mestre de campo, instituiu um morgado para seus descendentes nos fins do século XVII, dando-lhe o nome de Porto da Folha. O local começou a ter desenvolvimento e constituiu-se em um povoado com o mesmo nome. Posteriormente passou a chamar-se Traipu, em razão de se achar o povoado muito perto da barra do rio do mesmo nome. Em 1835, foi criada a Vila com o nome de Porto da Folha e, em 1870, recebeu oficialmente, a denominação de traipu. Por ocasião da emancipação, Traipu desvinculou-se dos Distritos de Mata Grande, Santana do Ipanema, Batalha, São Brás e Girau do Ponciano. Gentílico: traipusense ou traipuense Formação Administrativa Distrito criado com denominação de Porto da Folha, pela lei provincial nº 960, de 18-071885. Elevado à categoria de vila com a denominação de Porto da Folha, pela Resolução Provincial nº 19, de 29-04-1835, desmembrado de Penedo. Instalado em 02-08-1838. Pela lei provincial nº 516, de 30-04-1870, a vila de Porto da Folia passou a denominar-se Traipú. Elevado à condição de cidade e sede municipal com a denominação de Traipu, pela lei estadual nº 14, de 16-05-1892. Pela lei estadual nº 34, de 30-05-1893, o município de Traipu adquiriu a extinta vila de Belo Monte como simples distrito. Pela lei nº 82, de 20-07-1895, desmembra do município de Traipu o distrito de Belo Monte. Elevado à categoria de município. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede. Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 3 distritos: Traipu, Belo Horizonte e Lagoa da Canoa. Pelo decreto-lei estadual nº 2435, de 30-11-1938, é criado o distrito de Mucambo e anexado ao município de Traipu. Sob o mesmo decreto o município adquiriu o distrito de São Brás, do município de Arapiraca e perdeu o distrito de Lagoa da Canoa para o município de Arapiraca. Pelo decreto-lei estadual nº 2909, de 30-12-1943, o distrito de Belo Horizonte passou a denomina-se Ponciano e o distrito de Mucambo a denominar-se Feira Grande. No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 5 distritos: Traipu, Belo Horizonte, Belo Monte, Feira Grande ex-Mucambo e São Brás. Por Ato das Disposições Constitucionais Transitórias de 09-07-1947, desmembra do município de Traipu o distrito de Belo Monte. Elevado à categoria de município. Sob a mesma lei desmembra do município de Traipu os distritos de São Brás e Feira Grande, para formar o novo município de São Brás. Pela lei estadual nº 2101, de 15-07-1958, desmembra do município de Traipu o distrito de Ponciano. Elevado à categoria de município com a denominação de Girau do Ponciano. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007. Alteração toponímica municipal Porto da Folha para Traipu alterado, pela lei provincial nº 516, de 30-04-1870.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "2709202" }