Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
10.066 pessoas
Área da unidade territorial 2015
815,422 km²
Densidade demográfica 2010
12,60 hab/km²
Prefeito 2017
DARCIRA DE SOUZA PEREIRA

Histórico

Leia
Açucena Minas Gerais - MG Histórico O território do município teve como primitivos habitantes índios Botocudos, que em 1824, eram aldeados em um quartel com 80 praças, construídos por João Maciel da Costa, por ordem de D. Pedro I. Nascia o arraial com o nome de Travessão. Em 1860, o Padre Félix Ferreira, Vigário de Joanésia, celebrava a primeira missa no povoado. Haviam, nesta época, aportado ao local, orlas de marginais foragidos do Serro, Conceição e Itabira, que se dedicavam às atividades agrícolas cultivando o feijão, mandioca e milho. O nome foi mudado para 'Travessão de Guanhães', e mais tarde, para Açucena. O topônimo Açucena, originou-se da existência de uma planta nativa na região, da família das Amarilidáceas, vulgarmente conhecida como 'Palmo de São José' ou Copo de Leite). Gentílico: açucenense Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Travessão, por lei estadual nº 2, de 14-09-1891, subordinado ao município de São Miguel de Guanhães. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito figura no município de São Miguel de Guanhães. Pela lei estadual nº 843, de 07-09-1923, o distrito de Travessão passou a denominar-se Travessão de Guanhães e o município de São Miguel de Guanhães a chamar-se simplesmente Guanhães. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Travessão de Guanhães ex-Travessão figura no município de Guanhães. Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937. Pelo decreto-lei estadual nº 148, de 17-12-1938, o distrito de Travessão Guanhães voltou a denominar-se Travessão. No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito de Travessão, figura no município Guanhães. Elevado à categoria de município com a denominação de Açucena, por decreto-lei estadual nº 1058, de 31-12-1943, desmembrado de Guanhães e Governador Valadares. Sede no atual distrito Açucena ex-Travessão. Constituído de 4 distritos: Açucena, Jequitibá de Guanhães, Felicina ex São Félix e Naque, todos desmembrados de Governador Valadares. Instalado em 01-01-1944. Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 6 distritos: Açucena, Aramirim, Felícina, Gama, Naque e Pedra Corrida. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960. Pela lei estadual nº 2764, de 30-12-1962, são criados os distritos de Periquito e São Sebastião do Baixo e anexado ao município de Açucena. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 8 distritos: Açucena, Aramirim, Felicina, Gama, Naque, e Pedra Corrida, Periquito e São Sebastião Baixo. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-I-1979, Pela lei estadual nº 8285, de 08-10-1982, é criado o distrito de Naque-Nanuque e anexado ao município de Açucena. Em divisão territorial datada de 1-VI-1988, o município é constituído de 9 distritos: Açucena, Aramirim, Felicina, Gama, Naque, Naque-Nanuque, Pedra Corrida, Periquito, e São Sebastião do Baixo. Pela lei estadual nº 10703, de 27-04-1992, desmembra do município de Açucena os distritos de Naque e São Sebastião do Baixo, para formar o novo município de Naque, e ainda pela mesma lei desmembra do município de Açucena os distritos de Periquito e Pedra Corrida, para formar no novo município de Periquito. Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído de 5 distritos: Açucena, Aramirim, Felicina, Gama e Naque Nanuque. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007. Alterações toponímicas distritais Travessão para Travessão de Guanhães alterado, pela lei estadual nº 843, de 07-09-1923. Travessão de Guanhães para Travessão alterado, por decreto-lei estadual nº 148, de 17-12-1938. Travessão para Açucena alterado, por decreto-lei estadual nº 1058, de 31-12-1943.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "3100500" }