Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
103.287 pessoas
Área da unidade territorial 2015
1.164,062 km²
Densidade demográfica 2010
80,45 hab/km²
Prefeito 2017
ARACELY DE PAULA

Histórico

Leia
As terras férteis, cobertas de florestas, onde habitavam os índios de Araxás, e as águas minerais nelas existentes, constituíram uma poderosa atração para o desbravador branco. Para que este obtivesse o controle daquele território muitas tentativas de ocupação foram feitas na primeira metade do século XVII. Em 1766, com o sucesso da expedição comandada pelo mestre de Campo Inácio Correia de Pamplona, foi vencida a resistência que o índio opunha ao invasor. Conseguiu assim o Governo de Minas Gerais o controle efetivo da região. Desbaratados os índios, começou a colonização, por elementos de São João Del Rei, São Bento do Tamanduá (atual Itapecerica), Pitangui, etc. Dedicaram-se ao pastoreio ou fixaram-se em atividades agrícolas nas vertentes próximas às águas minerais. A fundação da cidade de Araxá teve início em 1788, data em que foi celebrada a primeira missa do território. Durante muito tempo, Araxá ficou subordinada ao controle potítico-administrativo de Goiás. Sua integração em Minas Gerais vai se revestir de aspectos interessantíssimos, envolvendo de forma decisiva a figura de D. Beija, personagem importante da história e, hoje, da lenda do município. Conforme a informação de Eduardo Frieiro, citado no livro de Leopoldo Correia “Achegas à História do Oeste de Minas”, em 1815, estando em Araxá o Ouvidor-Geral da Comarca, Joaquim Inácio Silveira da Mota, viu ele, certa tarde, passar a jovem Ana Jacinta de São José também conhecida como D. Beija. Tomado de grande paixão pela moça, fê-la raptar, pelos seus lacaios, aquela mesma noite. A família da Beija – gente pobre – queixou-se ao governador de Goiás, inimigo que era do Ouvidor-Geral. Este último, para livrar-se da situação, intercedeu junto a D. João VI, conseguindo que os julgados de Araxá e Desemboque passassem para Minas, onde seu julgamento não teria maior importância. O rapto de D. Beija deslocou, desta forma, para Minas Gerais a extensa área do Triângulo Mineiro.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "3104007" }