Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
13952 pessoas
Área da unidade territorial 2015
1111.202 km²
Densidade demográfica 2010
12.40 hab/km²
Prefeito 2017
RONALDO ANTONIO ZICA DA COSTA

Histórico

Leia
Dores do Indaiá Minas Gerais - MG Histórico Os primeiros habitantes foram os índios tapuias que tinham acampamento localizado na atual fazenda tapuia. Posteriormente, um grupo de negros fugidos, formaram alguns quilombos e promoveram o afastamento dos indígenas. O Primeiro povoador foi Domingos de Brito, sua sesmaria abrangia todo o território do município, mas abandonou a sesmaria sem deixar vestígios. Pioneiros: Por volta de 1.865 os irmãos, Amaro, José, Joaquim e João da Costa Guimarães instalaram na região explorando lavoura e criação de gado. Origem do Topônimo: Manoel Correia de Souza, proprietário da fazenda Patos, fez a doação do terreno onde foi construída uma Capela em homenagem a Nossa senhora das Dores, aproximadamente em 1.796. Gentílico: Dorense Formação Administrativa: O distrito foi criado em 1.842, pela lei provincial nº 239 de 30 de novembro. Em 31/05/1850, pela lei provincial nº 472, foi criada a Vila e o município de Nossa Senhora das Dores do Indaiá, com território desmembrado de Pitangui .Pouco tempo depois por falta de interesse da população em construir edifícios públicos esta lei foi tornada sem efeito, porém a lei nº 623, de 30 de maio de 1.853 restaurou a Vila de Nossa Senhora das Dores do Indaiá. Posteriormente, em 1.870, pela lei provincial nº 1.625 de 15 de setembro , foi extinto o município e sua sede transferida para o Povoado de Nossa Senhora do Patrocínio de Marmelada. Voltou a ser município novamente pela lei provincial nº 2.651 de 04/11/1.880, ocorrendo a reinstalação em 15/09/1882. A elevação de Dores do Indaiá a categoria de cidade ocorreu pela lei nº 3.333 de 08/10/1885. È sede de comarca desde 1.891. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "3123205" }