Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
18.225 pessoas
Área da unidade territorial 2015
113,246 km²
Densidade demográfica 2010
147,69 hab/km²
Prefeito 2017
GERALDO DOS REIS NEVES

Histórico

Leia
Agenda Histórica do Município de Ipaba ? MG. Por volta de 1890, Regino Cândido iniciou o povoamento da Penha. Uma extensa area de terra foi doada por ele as margens da BR 458, Onde foi criado o distrito de Vale Verde. Em virtude de uma epidemia de febre amarela que levou a óbito varias pessoas que residiam nas imediações do patrimônio da Penha, os fazendeiros aproveitaram a situação e transferiram o arraial para as margens do rio Doce. Regino Cândido também ajudou a abrir trilhas entre as matas, dando seqüência à rota que liga Entre Folhas a Inhapim e demais lugarejos a margem do rio Doce. No mês de março de 1903, tiveram inicio os trabalhos da construção da estrada de ferro Vitoria a Minas. Depois de ter inaugurado varias estações, somente dia 31 de dezembro de 1912, a ferrovia chegava à Cachoeira Escura, no km 443, sendo liberada para o transporte de passageiro. No ano de 1914, os trabalhos da construção da ferrovia foram prejudicados com a gerra mundial, e todos os trabalhos foram paralisados entre Cachoeira Escura e Ipatinga. O ponto final da obra foi no km 457, próximo ao porto de Inhapim, sendo obrigatória a manobra das locomotivas para voltar rumo ao Estado do Espirito Santo. A estação recebeu o nome de ?Parada de Inhapim?. Era essa a cidade mais próxima. Na segunda fase a partir de 1919, prossegue a construção da EFVM. Somente em 1922, foram inauguradas as estações do porto de Inhapim e Ipatinga. Os irmãos Mafra e os Abrantes, estavam entre os primeiro da EFVM. Foram responsáveis pela abertura de trilhas no meio das matas por onde iria passar a ferrovia do aço. Com a paralisação da obra 1914, eles se estabeleceram no porto de Inhapim. Montaram a primeira maquina de limpar café na região. A industria ficava onde hoje se encontra a rua Gessi de Assis Pena, no município de Ipaba. Os Mafra e os Abrantes são estoricos desbravadores de Ipaba. Anos depois, os moradores exigiram que o nome Porto de Inhapim fosse mudado sob o argumento de que a cidade de Inhapim estava muito distante da estação que ficava na outra margem do rio. As lideranças se reuniram e vários nomes foram discutidos, chegando-se à conclusão que deveriam formar o nome com as silabas: ?IPA?, de Ipatinga e ?BA?, da bacia do rio Doce. Juntando-se as silabas fizeram desaparecer o porto de Inhapim e nascer o povoado de Ipaba. A origem do nome Ipaba é a mesma para as duas localidades divididas pelo rio Doce. Para diferenciá-las um dos povoados ficou conhecido como Ipaba de Caratinga e o outro, Ipaba de Mesquita. O padre José Lanzillote indicou o santo de sua devoção como padroeiro de Ipaba de Caratinga, ficando, portanto, conhecido como São Sebastião de Ipaba. Finalmente os políticos adotaram somente Ipaba. O nome Ipaba vem de origem indígena Tupi (Guarani) que quer dizer IPA, (Agua). BA, (muito)ou seja, ?muita Agua?. Isto por causa da abundancia de água, como o rio Doce, lagos e córregos. No ano de 1936, com o crescimento populacional do povoado de Ipaba, o então prefeito de Catinga, Sr. Omar Coutinho mandou demarcar os trinta e três alqueires de terra oficializando assim a existência de mais um povoado em seu município. A medição foi feita pelo agrimensor Paulo Franklin. Distrito ? Ipaba foi elevado a categoria de distrito em 08 de outubro de1982. Município ? Ipaba foi elevada a categoria de município em 27/04/1.992 ? A instalação se deu em 01/01/1.993 na posse do primeiro prefeito. Comarca ? passou a pertencer a comarca de Ipatinga em 14 de março de 1995. Localização ? Ipaba encontra-se localizado no leste de Minas Gerais e faz parte do colar metropolitano da região do Vale do Aço, distando 248 km de Belo Horizonte e 22 km de Ipatinga. Área territorial do município: 111 km2 de extensão. Densidade demográfica: 127,72 habitantes por km2 . População do município: 14,536 habitantes (censo 2000). Distrito: Um distrito ? Vale Verde de Minas. Outras localidades: Povoado de Boachá , Agua Limpa dos Gonçalves, Agua Limpa dos Vieira, Agua Limpa dos Antunes, Agua Limpa dos Viana, Córrego Beija-Flor e Córrego do Vermelho. Limites: Divisa-se com Santana do Paraíso, Belo Oriente, Caratinga, Bugre e Iapu. Relevo: A topografia dominante na área é de planícies, apresentando também algumas localidades com encostas e planaltos. Temperatura: Media anual 21,2° C, Máxima anual 27,2° C e 16,5° C. Respectivamente. Hidrografia: Os recursos hídricos são abundantes, sendo a região pertencente a bacia do rio Doce. Seu principal curso d'água é o próprio Rio Doce que banha a zona urbana. Destaca-se no município o ribeirão da Agua Limpa, Córrego do Beija-Flor, Lagoa central, lagoa do Piauzinho, Lagoa da Maromba, Lagoa da CENIBRA e Lagoa do Queixada, Clima: Quente e úmido, com estações chuvosas e as vezes secas. Economia: Agricultura (milho, arroz, feijão, amendoim,mandioca, etc.). Pecuária: (asininos, bovinos,suínos.) Extração de madeira: CENIBRA e CAF Meios de comunicação: Telefone, Correio, Radio, e TV . Pontos turísticos: Lagoa Central, Fazenda Macedônia (CENIBRA) Festas populares, cívicas e religiosas: festa de Nossa Senhora da Penha , Semana Santa, Corpos Christi, Mês de Maria, Novena do Espirito santo. Festa Junina e Julina ? Aniversário da cidade ? mês de Abril ? Sete de Setembro ? Cavalgada ? Força Jovem - Umadei (Assembleia de Deus). Atividades Sociais: Varanda Clube, Campo de Futebol, Jogos de Baralho, Quadras Esportivas, Peteca, Vôlei, Ginásio poliesportivo. Governo Municipal 1° mandato: 1993 a 1996 Prefeito: José Vieira de Almeida Vice ? Prefeito: José Vieira da Silva Ipaba 28 de Agosto de 2008. Adirson Teodoro Ferreira. Diretor do departamento de Meio Ambiente.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "3131158" }