Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
21.562 pessoas
Área da unidade territorial 2015
679,024 km²
Densidade demográfica 2010
30,93 hab/km²
Prefeito 2017
CHARLES VIEIRA DA COSTA

Histórico

Leia
José Fernandes Ribeiro, Clemente Fernandes Ribeiro, Manoel Fernandes Ribeiro, Clemente Moreira, Clemente José da Trindade, Pedro José da Trindade, Valdemar Batista Chaves, Alexandre Brito e outros, com os seus familiares, foram os pioneiros desbravadores do território do Arraial, depois distrito de São Roque, hoje município de Itaobim. Sua ocupação cuja data não se pode precisar por circunstâncias das inundações sofridas nos anos de 1919 e 1928 que ocasionaram na perda de muita documentação histórica. No princípio de 1913 o povoado de São Roque fora elevado à categoria de distrito. Em 1919 a 19 de janeiro, o Jequitinhonha, ameaçou destruir a pequena povoação e houve naquela época a primeira inundação que tornou-se comentada na história do vilarejo, pelo dano causado, deixando ainda em determinados pontos à marca da altura atingida pelas águas. Em janeiro de 1928, o Rio Jequitinhonha arrasou o distrito de Itaobim. Os habitantes, fugindo da fúria do grande rio, foram construir suas novas moradias logo acima do Porto do Cieba, nas proximidades das casas construídas pelos irmãos José Fernandes Ribeiro (Juca Fernandes) e Clemente Fernandes Ribeiro, que haviam saído do Distrito antes da enchente. Ali naquele local, hoje denominado Praça Max Machado, nascia a nova Itaobim. No dia 17 de dezembro de 1938, através do Decreto Lei nº 148, o Distrito de Itaobim desmembrou-se do município de Araçuaí, passando a pertencer ao município de Medina. No dia 30 de dezembro de 1962, graças à luta do itaobinhense Afonso Martins da Silva, então prefeito de Medina, o governador de Minas Gerais, Magalhães Pinto, assina a lei nº 2764, que eleva Itaobim à categoria de cidade.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "3133303" }