Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
38.102 pessoas
Área da unidade territorial 2015
1.404,663 km²
Densidade demográfica 2010
24,53 hab/km²
Prefeito 2017
ANDERSON BERNARDES DE OLIVEIRA

Histórico

Leia
Há hoje vária traduções para o nome de Iturama. Alguns acham que o nome significa 'Cidade das Cachoeiras', outros garantem que é 'Região dos Cachoeiras'. Mas quem explica realmente o significado da palavra é seu criador, José Carvalho, descendente de bugre (índio), como ele mesmo cona: 'I' diz ele - é água, 'TU' tombo, queda, e 'RAMA' - latada; muitas; várias. Ou seja, existiam muitas Cachoeiras na Região e o nome se adaptou imediatamente a esta realidade. Os primeiros habitantes na REgião onde está situado o Município do Iturama foram os índios Caiapós, nas proximidades da Cachoeira dos Índio, a 20 Km da Sede do Município, onde atualmente funciona a Usina Hidroelétrica de Água Vermelha. O local onde os indígenas fizeram seu aldeamneto, no passado era denominado 'Aldeia dos Índios', desapareceu com barragem feita pela CESP. O povoamento foi desenvolvido paulatinamente, com origem desconhecida, permanecendo anônimos, mesmo esquecidos, os primeiros desbravadores. Nos fins do século passado vivia aqui Dona Francisca Justiniana de Andrade, viúva de Antonio Paula Diniz. Dona Francisca possuidora de enorme latifúndio, cuja sede denominava-se Fazenda Santa Rosa, planejou formarum povoado, conferindo para isso uma escritura de doaçãode um 189 alqueires da terra, à Diocese de Uberaba, em honra ao Sagrado Coração de Jesus. Essa escritura foi em São Francisco de Sales, em 24 de março de 1897. Em 1905 construiu-se a almejada Capela por iniciativa do Senhor Laudemiro da Silva Rosa. Iniciou-se a venda da área a terceiros e foram surgindo se primeiras casa, resultando um povoado que recebeu o nome de Santa Rosa, em homenagem a Dona Francisca; cuja Fazenda-Sede de sua propriedade levava este nome. A Igreja que é hoje a atual matriz, na Praça Santa Rosa, foi mandada construir por Dona Maria Petronília de Freitas e seu marido senhor Odilon Antonio de Freitas, no ano de 1931. Também o primeiro cemitério de tijolos foi construído em 1931, por Arthur Peaguda da Loma. O povoado pertencia ao Município de Frutal. O senhor Odilon Antonio de Freitas, vindo de Campina Verde, trabalhou incansávelmete e conseguiu que o povoado fosse elevado a Distrito, conforme decreto nº 148 de 17 de dezembro de 1938, criou-se o Distrito de Santa Rosa, passando a pertencer ao Município de Campina Verde e foi instalado em 1º de agosto de 1939, sendo o primeiro oficial de registro o Sr. Filadelfo Rodrigues de Lima. O primeiro médico aresidir no Distrito foi Dr. Luiz Altafim Neto. O Distrito de Santa Rosa passou a chamar-se Camélia em 31 de dezembro de 1943. Em 1948 iniciou-se uma campanha com uma comissão objetivando a emancipação do Distrito de Camélia, para elevá-lo a município de Ituarama. Membros dessa comissa foram diversas vezes a Belo Horizonte, afim de acompanhar de perto o processo de emancipação levando em mãos aos membros da comissão Estadual os documentos complementares. Acompanhou o processo o causídio Dr. Tomáz neves. No dia 1º de janeiro de 1949, em Sessão Solene, presidida pelo primeiro Juiz de Paz do município, Sr. Palmério Ursedo de Queiroz, instalou-se o município de Iturama. Foi nomeado pelo Governo do Estado para intendente o Sr. Heliodoro Gonçalves da Maia, que instalou a prefeitura em 22 de março de 1949.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "3134400" }