Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
3.147 pessoas
Área da unidade territorial 2015
163,760 km²
Densidade demográfica 2010
18,26 hab/km²
Prefeito 2017
JOSE JUNIO ANDRADE DE LIMA

Histórico

Leia
Jaguaraçu Minas Gerais - MG Histórico Jaguaraçu antiga Pimenteira e São José do Grama, formou-se da doação de três alqueires de terra para São José, realizada pelo alferes Lizardo José da Fonseca Lana, cumprindo uma promessa que fizera em troca da cura de seu filho, Teófilo Marques. As terras doadas localizavam-se a margem direita do Ribeirão Onça Grande, a pouca distância da fazenda de propriedade de Lizardo José. Após a Lei Áurea, os escravos livres transferiram-se para as terras do patrimônio de São José e lá começaram a edificar suas casas. Lizardo José Lana resolveu, posteriormente, aumentar o patrimônio do santo e, para tanto, fez nova doação de terras, desta vez do lado oposto do rio, onde existia um gramado muito extenso. Raimundo Querino e Felício Miranda foram os primeiros que edificaram suas casas dentro do novo arraial, sendo imitados por vários outros que passaram a obedecer o alinhamento que foi determinado na época. Tratou-se posteriormente da construção da capela em honra a São José, que, no entanto, não chegou a ficar pronta no local que inicialmente foi escolhido, e sim em outro. Os negros libertos levantaram uma capela em honra a Nossa Senhora do Rosário. Gentílico: Formação Administrativa O povoado foi elevado à categoria de distrito em 7 de setembro de 1923, com a denominação de São José do Grama e pertencendo ao Município de São Domingos do Prata. Elevado à categoria de município pela Lei nº 1.039, de dezembro de 1953, com o nome de Jaguaraçu, que significa, em língua indígena, 'onça grande'.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "3135001" }