Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
4.359 pessoas
Área da unidade territorial 2015
589,607 km²
Densidade demográfica 2010
7,46 hab/km²
Prefeito 2017
WILTON DOS SANTOS SOUSA

Histórico

Leia
Santa Cruz de Salinas Minas Gerais - MG Histórico O território onde situa o município de Santa Cruz de Salinas foi parte integrante da antiga fazenda Santa Cruz, existente na região, e que pertencia à família Gomes Cardoso. Essa região fazia parte da Freguesia de Nossa Senhora da Conceição do Rio Pardo, província de Minas Gerais. A fazenda Santa Cruz era ponto de pousada de tropeiros que faziam a rota da Bahia, trazendo sal para a região de Rio Pardo e levando mantimentos. No ponto de pouso dos tropeiros surgiram algumas vendas. As senhoras Gomes Cardoso, herdeiras da fazenda Santa Cruz doaram parte de suas terras para a formação de um vilarejo. A partir de então, as primeiras casas foram construídas, destacando entre elas uma capela (demolida para a construção da Igreja Matriz), que ganhou a imagem de Bom Jesus, o seu padroeiro. O vilarejo, por estar situado na fazenda Santa Cruz, passou a ser conhecido por este nome. Em 1887, foi criado o município de Salinas, pela Lei Provincial 3.845 de 04/10/1887, com território desmembrado do Município de Rio Pardo de Minas e estendendo-se até a fazenda Santa Cruz que já havia iniciado uma povoação como o nome de Povoado de Santa Cruz. Com o crescimento do povoado, a localidade foi elevada à categoria de Distrito pela Lei Estadual 556 de 30/08/1911 já com o atual nome de Santa Cruz de Salinas. Por volta de 1920, para expandir os domínios políticos exercidos pelo Coronel Idalino Ribeiro, o seu companheiro e grande amigo, o Tenente Felismino Henriques de Souza, instalou uma loja de tecidos no Distrito e passou a comandar a localidade, fazendo amizade com os que já viviam na região e também adquiriu terras e instalou um engenho de cana-de-açúcar onde alambicava muita aguardente na 'Fazenda do Engenho'. Em 1929 o Tenente Felismino trouxe toda sua família, para a vila de Santa Cruz de Salinas. Juntamente com sua esposa dona Maria Caetana de Souza, os filhos solteiros (Antônio, Elvina, Anita e Osmário), os casados (Elizeu, casado com Florinda; Elvira, casada com Artur), acompanhados dos filhos e filhas; vieram também sobrinhas, sobrinhos e mais parentes casados, que também trouxeram suas famílias. Permaneceu em Salinas o filho casado José Henriques, casado com dona Lelé, que exercia o cargo de Coletor. Esta numerosa família passou a exercer grande influência política, econômica e cultural no desenvolvimento do lugar. Outro marco importante dessa época foi a passagem de membros da Coluna Prestes pelo Distrito, cujos componentes eram conhecidos como 'os revoltosos'. A sua emancipação política ocorreu em 1995, pela Lei Estadual 12.030, de 22/12/1995. Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Santa Cruz de Salinas, pela lei estadual nº 556, de 30-08-1911, subordinado ao município de Salinas. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito Santa Cruz de Salinas figura no município de Salinas. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o distrito de Santa Cruz de Salinas permanece no município de Salinas. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1991. Elevado à categoria de município com a denominação de Santa Cruz de Salinas, pela lei estadual 12030, de 21-12-1995, desmembrado de Salinas. Sede no antigo distrito de Santa Cruz de Salinas. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1997. Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "3157377" }