Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
5.103 pessoas
Área da unidade territorial 2015
80,403 km²
Densidade demográfica 2010
56,93 hab/km²
Prefeito 2017
ENEIAS MACHADO DE SOUZA

Histórico

Leia
[...] As primeiras notícias acerca das terras em que hoje situa o município de São Bento Abade datam de 1752, com a sesmaria denominada Deserto Dourado, concedida ao Padre José Bento Ferreira de Toledo nesse mesmo ano. Teria ele sido o primeiro homem civilizado a habitar a região e uma capela por ele construída em sua fazenda, denominada Campo Formoso e Campo Belo, como era conhecida, foi o primeiro marco de fé da localidade. Esta área teria pertencido à Paróquia de Nossa Senhora da Conceição das Carrancas, àquela época. O Sacerdote ali se fixou para a catequização de índios e exploração agropastoril de sesmaria que lhe foi concedida. Em meados do século XVIII construiu a capela de São Bento, dotando-a de um patrimônio. Em 1752 é instalada a sede da Fazenda São Bento do Campo Belo, onde hoje se localiza o município de São Bento Abade. Na época da ocupação feita pelo Pe. Bento Ferreira naquelas terras, várias famílias se fixaram ali, atraídas na época pela mineração do Ouro e pela fertilidade das terras propícias à agricultura e pecuária, atividades que até hoje predominam na economia do município. A história conta que em 1794, foi construída a primeira casa do povoado pelo Sr. Manoel Francisco Ferreira. Em seguida instalou-se no povoado o Capitão Manoel Álvares, seguido de outras famílias, aumentando consequentemente o núcleo populacional. Não se tem informações precisas sobre a data de fundação da 1ª Capela, mas segundo o livro do tombo da Igreja Matriz São Bento Abade de (1925–1995), esta data é aproximadamente em torno do ano de 1700. Com relação à divisão territorial de Minas Gerais e a formação da freguesia de São Bento Abade, esta ocorreu durante o período colonial, primeiro em terras de Ouro Preto (capital da província), de onde se desmembrou São João Del Rei, em 1713. Durante o século XIX, novas e sucessivas divisões, faziam aumentar o número de cidades, e, ao mesmo tempo, diminuir as áreas desmembradas dos municípios mais antigos; o Império lançava então as bases de sua administração, aumentando a divisão territorial com vistas a um melhor controle da área. Lavras foi o município criado em 1831, com seu território desmembrado de São João Del Rei. De Lavras, em 1841, desmembrou-se Três Pontas e daí Varginha, em 1881. As próximas divisões aconteceriam sob os auspícios da Republica: Carmo da Cachoeira, desmembrado do território de Varginha em 1938 e finalmente nossa área alvo: São Bento Abade, transformado em distrito de Carmo da Cachoeira na época de sua emancipação. A origem toponímica do município se deve à devoção do seu povoado ao eremita São Bento, a quem o Padre José Bento chegou a dedicar uma capela construída na fazenda Campo Belo. Mais tarde o povoado de São Bento, conservando esse nome, quando passou a distrito. Entretanto foi emancipado com a denominação de São Bento Abade a fim de distingui-lo daqueles municípios cujos nomes eram semelhantes. [...]

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "3160801" }