Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
4.213 pessoas
Área da unidade territorial 2015
88,794 km²
Densidade demográfica 2010
45,00 hab/km²
Prefeito 2017
JOSÉ CARLOS DA SILVA

Histórico

Leia
FUNDADORES: Foram seus fundadores Caetano Pires Barbosa e sua esposa Dona Isabel Domingues de Siqueira. Doadores do Terreno de 220 braças em quadra ao Patriarca São José para construção de uma capela em homenagem ao santo e o restante do terreno a quem quisesse construir moradias e fixar residências. Data da doação do terreno: 10 de novembro de 1838. Emancipação Política: Decreto Lei Estadual nº 1039 de 12 de dezembro de 1953. História da cidade: Em 1837, aproximadamente, havia em nossos arredores, uma pequena fazenda habitada por uma família muito animada, Sr. Caetano Pires Barbosa e sua esposa Sra. Izabel Domingues de Siqueira. Está família fazia muitas festas com danças, quadrilhas etc. Devido ao bom espírito da família originou-se o nome da fazenda de ?Fazenda do Alegre?. No dia 07 de dezembro de 1838, foi lavrada no cartório da Freguesia de São Sebastião da Capituba hoje, Pedralva, uma escritura de doação, na qual a família do Sr. Caetano Pires doou 200 braças de terras para a construção de uma capela ao patriarca São José. Com o passar do tempo outras famílias foram chegando. A fazenda transformou-se em um arraial que recebeu o nome de ?Arraial dos Alegres?. Em 10 de julho de 1876, o arraial é elevado à categoria de distrito, pertencendo ao município de Cristina, de acordo com a Lei Provincial nº 2.281. Esta mesma lei criou a paróquia, que, no entanto, só teve reconhecimento canônico 39 anos mais tarde. Em 1º de janeiro de 1939 o distrito foi investido na categoria de Vila, conforme Decreto Lei Estadual nº 148, de 17 de dezembro de 1938. Emancipado o município de Pedralva, no ano de 1887, a Freguesia dos Alegres, como era denominado o local na época, passou a fazer parte do mesmo, assim permanecendo, até que pela Lei Estadual nº 1039, de 12 de dezembro de 1953, foi elevado à categoria de Município, sendo nomeado Intendente o Sr. Lélio Joaquim Seabra. Em 1954 foi realizada a primeira eleição municipal, estando o município subordinado Judicialmente, até hoje, à Comarca de Pedralva. As primeiras famílias: As primeiras famílias que vieram habitar em nosso município foram o Sr. e Sra Caetano Pires, José Damásio, Nenê Crescêncio, Eduardo Rangel, Mariano Machado, Casimiro Osório, Vicente Gonçalves, Acarias José da Rosa, Leonel, Luiz Augusto Guimarães, Ricardo de Toledo, Luiz Soares, Rafael Bianchi e José Batista Juliarde. José Batista Juliarde que construiu e residiu na primeira casa localizada onde hoje é a residência do Sr. Amado Batista Toledo. A primeira Igreja: A primeira Igreja foi construída pelo Sr. Rafael Bianchi, onde é hoje a atual. A atual igreja foi construída pelo Padre Marino Power. Quem celebrou a primeira missa foi Padre Antonio da Rocha Branco que também traçou a primeira rua como o cabo de um guarda-chuva. As missas eram celebradas em latim onde o povo ficava de costas para o povo. Os primeiros padres (nomes e datas): 1- Fundação da Paróquia: 18 de Março de 1915, por decreto do Bispo D. João de Almeida Ferrão (1° Bispo da Campanha). 2- O 1° Pároco (vigário) foi Padre Antônio Pereira da Rocha Branco, começando em Abril de 1915. - O 1º batizado da Paróquia foi aos 08 de Abril de 1915, sendo batizada Mariana, filha de Olímpio José de Carvalho e Isaura Carvalho Mata. - O 1º casamento foi aos 18 de Abril de 1915, de Joaquim José da Rocha e Maria Isabel de Jesus. 3- Novembro de 1917- Cônego Antônio Gonçalves Brás de Pedralva. - Julho de 1918 ? Padre Joaquim Gonçalves Cardoso. - Dezembro de 1919- De novo Cônego Antônio Gonçalves Brás de Pedralva. - Abril de 1923- Monsenhor Roque Cosentino. - Setembro de 1928- Cônego Salvador Antônio Santa Maria. - Fevereiro de 1930- De novo Monsenhor Roque Cosentino até Janeiro de 1934. - Maio de 1934 ?Padre João Ferreira Guerra. - Agosto de 1934- Padre Mariano Power até Fevereiro de 1947. - Março de 1947 ? Padre José Grimminck. - Janeiro de 1951 ? Padre Sebastião Pereira de Arantes até Fevereiro de 1957. 4- Cônego Joaquim Machado Filho tomou posse no dia 09 de Março de 1957. -Natural de Elói Mendes onde nasceu aos 04 de Maio de 1912 tendo sido ordenado sacerdote aos 13 de Dezembro de 1936. ? 13 de Dezembro de 1961: Bodas de Prata de Sacerdócio; ? Março de 1982: 25 anos de vigário da Paróquia de São José. Por motivo de saúde, renunciou a Paróquia de São José em Maio de 1986. Faleceu em Elói Mendes, aos 14 de Janeiro de 1987, depois de ter ficado acamado nos últimos meses. Padre Geraldo Vicente da Costa ? Foi nomeado encarregado da Paróquia , com o título (do Direito Canônico ) de Administrador Paroquial , em Maio de 1986.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "3163201" }