Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
23559 pessoas
Área da unidade territorial 2015
829.937 km²
Densidade demográfica 2010
25.96 hab/km²
Prefeito 2017
SIDICLEI GILES DE ANDRADE

Histórico

Leia
Pancas Espírito Santo - ES Histórico O território do atual município de Pancas manteve-se inexplorado até o ano de 1918, data em que a história registra a chegada, à região, dos primeiros colonizadores, procedentes do Estado de Minas Gerais, à procura de terras férteis e próprias do cultivo do café. Esses colonizadores, aliados a outros elementos chegados posteriormente, entre eles imigrantes alemães, estabeleceram alguns núcleos populacionais e iniciaram a cultura do café. A região progrediu e foi criado, em 1924, o distrito com a denominação de Nossa Senhora da Penha, posteriormente alterado para Santa Luzia, Vila de Pancas e, finalmente, Pancas, termo que, na região, significa terra onde a raiz não penetra, devido a lajedos existentes em alguns pontos do município. Gentílico: panquense Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Nossa Senhora da Penha, por lei estadual nº 1486, de 05-09-1924, subordinado ao município de Colatina. Pela lei estadual nº 1554, de 30-06-1926, transfere a sede de Nossa Senhora da Penha para a povoação de Santa Luzia. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Nossa Senhora da Penha (sede em Santa Luzia) permanece no município de Colatina. Assim permanecendo em divisão territoriais datadas em 31-12-1936 e 31-12-1937. Pela lei estadual nº 9222, de 31-03-1938, o distrito de Nossa Senhora da Penha passou a denominar-se Santa Luzia. No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito já denominado Santa Luzia figura no município de Colatina. Pelo decreto lei estadual nº 15177, de 31-12-1943, o distrito de Santa Luzia passou a denominar-se Pancas. Em divisão territorial datada de 01-07-1950, o distrito já denominado Pancas figura no município de Colatina. Elevado à categoria de município com a denominação de Pancas, pela lei estadual nº 777, de 29-12-1953, desmembrado de Colatina. Sede no antigo distrito de Pancas. Constituído de 3 distritos: Pancas, Alto Rio Novo e Lajinha. Desmembrados do município de Colatina. Por decreto do Supremo Tribunal Federal acordo de 04-10-1955, foi anulado o ato de criação do município de Pancas, voltando à condição de distrito do município de Colatina. Em divisão territorial datada de 01-07-1955, o distrito de Pancas, figura no município de Colatina. Assim pemanecendo em divisão territorial datada de 01-07-1960. Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Pancas, pela lei estadual nº 1837, de 21-02-1963, desmembrado de Colatina. Sede no antigo distrito de Pancas. Constituído de 3 distritos: Pancas, Alto Rio Novo e Lajinha. Instalado em 13-05-1963. Em divisão territorial datada de 31-12-1963, o município é constituído de 3 distritos: Pancas, Alto Rio Novo e Lajinha. Pela lei nº 1919, de 31-12-1963, são criados os distritos de Palmerino e Vila Verde e anexados ao município de Pancas. Em divisão territorial datada de 1-1-1979, o município é constituído de 5 distritos: Pancas, Alto Rio Novo, Lajinha, Palmerino e Vila Verde. Pela lei estadual nº 4071, de 11-05-1988, desemembrado do município de Pancas os distritos de Alto Rio Novo e Palmerino. Para formar novo município de Alto Rio Novo. Em divisão territorial datada de 1-6-1995, o município é constituído de 3 distritos: Pancas, Lajinha e Vila Verde. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005. Alteração toponímica distrital Nossa senhora da Penha para Santa Luzia alterado, pela lei estadual nº 9222, de 31-03-1938 Santa Luzia para Pancas alterado, pela lei estadual nº 15177, de 31-12-1943. Transferência de sede distrital Pela lei estadual nº 1554, de 30-06-1926, transfere a sede da povoação de Nossa Senhora para a povoação de Santa Luzia.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "3204005" }