Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
73.997 pessoas
Área da unidade territorial 2015
1.304,813 km²
Densidade demográfica 2010
55,06 hab/km²
Prefeito 2017
LUIZ FERNANDO FURTADO DA GRAÇA

Histórico

Leia
A cidade foi assim denominada em homenagem ao Vice-Rei de Portugal, Dom Fernando José, descendente dos nobres da cidade espanhola de Valência. A história do município de Valença inicia-se por volta de 1789, quando D. Maria I de Portugal, através de uma Carta Régia, incumbiu ao Vice-Rei Luiz de Vasconcelos e Souza que promovesse o início da catequese dos índios denominados Coroados, que por aqui já constituíam um núcleo incipiente de povoamento. Os primeiros donos de terras, em sua luta de desbravadores incansáveis, contaram com o auxílio do silvícola aculturado, e na falta deste, e em seguida, com o braço forte da raça negra, que em um esforço conjunto, ajudou o assentamento da civilização que se instalava e também caminhava para o interior. Por essa ocasião muitos tropeiros, transportando mercadorias, vindos de Minas Gerais em direção à Corte do Rio de Janeiro, atravessavam a freguesia de Nossa Senhora da Glória de Valença, e muitas vezes por aqui pousavam no local onde hoje se encontram as esquinas da Avenida Nilo Peçanha e Rua dos Mineiros, que possui este nome em homenagem aqueles bravos homens que serviam de elemento de ligação e integração regional. O município herdeiro de uma vocação rural e agrícola, pois suas primeiras sesmarias datam de 1771, passou por um grande desenvolvimento e opulência à época da cultura do café, o que proporcionou à região a primeira etapa de unidade e civilização. Por conta disso, a região progrediu ativamente na segunda metade do século XIX. No entanto, seguindo sua história, logo após a abolição da escravatura, Valença inicia um novo ciclo. Desde o século XIX, Valença reúne grandes riquezas. Dos áureos tempos do café, a cidade mantém suas tradições, suas festas, seus costumes. A Igreja Matriz de Nossa Senhora da Glória, os sobrados históricos e os detalhes arquitetônicos das inúmeras fazendas do ciclo do café reverenciam seu passado de nobreza. Hoje, além desse importante aspecto industrial, Valença desenvolveu também o seu comércio, e cresceu em outras áreas, tornando-se sede de Bispado, fundando uma Academia de Letras, e crescendo em sua identidade. A cidade possui uma eficiente rede de ensino de 1.º e 2.º graus, e sete faculdades que, juntamente com outras instituições culturais, transformam a cidade em um grande Campus Universitário, proporcionando a Valença um povo educado, alegre, obreiro e atuante, que se expressa, também, através de manifestações culturais e artísticas.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "3306107" }