Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
17.959 pessoas
Área da unidade territorial 2015
326,254 km²
Densidade demográfica 2010
50,31 hab/km²
Prefeito 2017
CANDIDO MURILO PINHEIRO RAMOS

Histórico

Leia
NAZARÉ PAULISTA SÃO PAULO HISTÓRICO Originou-se junto à primitiva capela de Nossa Senhora de Nazaré, no Município de Atibaia, construída em 1676, por Matias Lopes, fundador do povoado. A categoria Município foi conseguida em 10 de junho de 1850, através de Lei promulgada por Vicente Pires da Mota, Presidente da Província de São Paulo, com terras da então freguesia de Nazaré e da freguesia de Santo Antônio da Cachoeira, hoje Piracaia, desmembrada da Vila de Atibaia. Em 1866, seu território foi acrescido de terras desmembradas de Conceição de Guarulhos, hoje Guarulhos. Posteriormente foram processadas trocas de terras com os Municípios de Atibaia, Piracaia, Santa Isabel e Juqueri. Em 30 de novembro de 1944, mudou sua denominação para Nazaré Paulista. O Distrito de Ajuritiba, que passou a denominar-se Bom Jesus dos Perdões, alcançou autonomia político-administrativa em 18 de fevereiro de 1959, sendo desmembrado de Nazaré Paulista. GENTÍLICO: NAZAREANO FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA O Distrito de Nazath foi criado em 1676, no Município de Atibaia. Elevado à categoria de município com a denominação de Nazath, por Lei Provincial no 15, de 10 de junho de 1850, desmembrado de Atibaia. Constituído de 2 Distritos: Nazath e Piracaia. Sua instalação verificou-se no dia 21 de outubro de 1850. Lei no 12, de 24 de março de 1859, desmembra do Município de Nazath o Distrito de Piracaia. Cidade por Lei Estadual no 1038, de 19 de dezembro de 1906. Na divisão administrativa referente ao ano de 1911, o Município de Nazath compõe-se do Distrito Sede. Lei nº 1543, de 30 de dezembro de 1916, cria o Distrito de Perdões e incorpora ao Município de Nazath. No correspondente ao ano de 1933, o Município de Nazath figura com 2 Distritos: Nazath e Perdões, e assim permanece nas divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, bem como no quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, e no quadro fixado pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, para vigorar no qüinqüênio 1939-1943. De acordo com o Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro da divisão territorial administrativo-judiciária do Estado de São Paulo, em vigência no período 1945-1948, o município continua composto por 2 Distritos, mas com as seguintes alterações toponímicas: o Município e o Distrito sede passaram a denominar-se Nazaré Paulista, e o Distrito de Perdões - Ajuritiba. Antigos Município e Distrito de Nazath, e que pelo Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, passaram a denominar-se Nazaré Paulista. No quadro fixado, pelo referido Decreto-lei, para vigorar em 1945-1948, o Município de Nazaré Paulista ficou composto dos Distritos de Nazare Paulista e Ajuritiba, e pertence ao termo e comarca de Atibaia. Aparece no quadro fixado pela Lei nº 233, de 24-XII-1948 para 1949-1953, composto de 2 Distritos: Nazaré Paulista e Bom Jesus dos Perdões (Ex-Ajuritiba), comarca de Atibaia. Assim permanece o quadro fixado pela Lei nº 2456, de 30-XII-53, para vigorar, respectivamente no período 1954-1958. Lei Estadual nº 5285, de 18 de fevereiro de 1959, desmembra do Município de Nazaré Paulista o Distrito de Bom Jesus dos Perdões. Em divisão territorial datada de 01-VII-1960, o município é constituído do Distrito Sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999. ALTERAÇÕES TOPONÍMICAS MUNICIPAIS Nazath para Nazaré Paulista, teve sua denominação alterada por força do Decreto-lei Estadual no 14334, de 30 de novembro de 1944.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "3532405" }