Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
45027 pessoas
Área da unidade territorial 2015
1001.492 km²
Densidade demográfica 2010
42.22 hab/km²
Prefeito 2017
ALMIRA RIBAS GARMS

Histórico

Leia
PARAGUAÇU PAULISTASÃO PAULO HISTÓRICO Segundo registro histórico, José Teodoro de Souza foi o mais antigo posseiro da região. Em 1871, vendeu terras situadas no atual Distrito de Conceição de Monte Alegre a Antônio de Paiva e a Manoel Pereira Alvim. Este último, tendo-se estabelecido as margens do Córrego Bugio, na cabeceira do Ribeirão São Mateus, aí plantou cerca de 2000 pés de café, fator indubitável da fixação. Conceição de Monte Alegre compreendia uma área das barrancas do rio Paraná, entre os rios Paranapanema e Peixe, incluindo todas as vertentes deste último. José Teodoro da Silva, Jerônimo Vieira, Capitão Olímpio Viriato, Vicente Henrique Silva, os Paiva, os Pereira Alvim, os Carvalho, os Moreira e outros instalaram-se com suas famílias no sertão, onde, não raro, se viram obrigados a travar combates com os silvícolas, das tribos dos Caiúas, Xavantes e Coroados. Em 1912, a então Estrada de Ferro Sorocabana fez a locação dos trilhos na Alta Sorocabana, ocasião em que os moradores foram novamente hostilizados pelos gentios, mais tarde pacificados pelo Serviço deProteção aos Índios. Domingos Paulino Vieira loteou as terras circunvizinhas à estação ferroviária em construção, o que deu começo ao povoado de Moita Bonita. GENTÍLICO: PARAGUAÇUENSE FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA Distrito criado com a denominação de Paraguaçu, por Lei Estadual no 1943, de 18 de dezembro de 1923, no Município de Conceição de Monte Alegre. Elevado à categoria de município com a denominação de Paraguaçu, por Lei no 2032, de 30 de dezembro de 1924, desmembrado de Sapezal. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 12 de março de 1925. Em divisão referente ao ano de 1933, o Município de Paraguaçú Paulista figura com o Distrito Sede. Em divisões territoriais datadas de 31 de dezembro de 1936 e 31 de dezembro de 1937, bem como no quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, o Município de Paraguaçu compreende o único termo judiciário da comarca de Paraguaçu e se divide em 2 Distritos: Paraguaçu e Borá. Pelo Decreto Estadual no 9775, de 30 de novembro de 1938, o Município de Paraguaçu adquiriu os Distritos de Sapezal e Conceição do Monte Alegre, do extinto Município de Sapezal. Em 1939-1943, o Município de Paraguaçu é composto dos Distritos de Paraguaçu, Borá, Conceição de Monte Alegre e Sapezal, e é termo da comarca de Paraguaçú, formada de 1 único termo, Paraguaçú, termo este formado por quatro Municípios: Paraguaçú, Maracaí,Quatá e Rancharia. Pelo Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, o Município e o Distrito de Paraguaçú passaram a denominar-se Araguaçu. Ex-Município e Distrito de Araguaçu que pela Lei Estadual nº 233, de 24 de dezembro de 1948, que fixou o quadro territorial para 1949-1953, tomou a denominação de Paraguaçú Paulista composto dos Distritos de Paraguaçú Paulista, Borá, Conceição de Monte Alegre e Sapezal. Assim permanece no quadro fixado pela Lei Estadual nº 2456, de 30 de dezembro de 1953 para o período 1954-1958, comarca de Paraguaçu Paulista. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 0-VII-1960. Lei Estadual no 8092, de 28 de fevereiro de 1964, desmembra do Município de Paraguaçu Paulista o Distrito de Borá. Em divisão territorial datada de 01-VI-1995, o município é constituído de 3 Distritos: Paraguaçu Paulista, Conceição de Monte Alegre e Sapezal. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999. ALTERAÇÕES TOPONÍMICAS MUNICIPAIS Paraguaçu para Paraguaçu Paulista, teve sua denominação alterada por força da Lei Estadual no 233, de 24 de dezembro de 1948.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "3535507" }