Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
9434 pessoas
Área da unidade territorial 2015
265.689 km²
Densidade demográfica 2010
31.34 hab/km²
Prefeito 2017
LUIZ CARLOS VIEIRA SOBRINHO

Histórico

Leia
PORANGABA SÃO PAULO HISTÓRICO Na margem da antiga estrada Botucatu - Sorocaba, havia um local denominado “Sertão do Rio Feio”, destinado ao repouso dos tropeiros que por ali transitavam. Com a continuidade destas viagens, muitos tropeiros trouxeram suas famílias e, reconhecendo a fertilidade das terras da região, iniciaram as primeiras plantações. Foram seus primeiros moradores, as famílias de Pedro José, Francisco Manoel de Oliveira, Manoel Izidoro Brenhas, Segismunda Machado e seu filho, e João Machado da Silva que, vindo da Bahia, fêz doação ao patrimônio de uma imagem de Santo Antônio. Construíram uma capela em 1860, ao redor da qual surgiram as primeiras “palhoças” e o conseqüente povoamento, que passou a denominar-se Santo Antônio do Rio Feio, em homenagem ao Santo padroeiro. Cinco anos depois instalou-se no povoado um distrito policial, denominado Bela Vista. Com esse nome foi elevado a distrito, em 1885. Para evitar problemas de endereçamento, por haver um outro distrito de igual nome na Capital do Estado, foi alterado em 1919, a denominação de Bela Vista para Porangaba, de igual significado em tupi-guarani. Desmembrou-se de Tatuí, do qual fazia parte, quando tornou-se município, em 1927. GENTÍLICOS: PORANGABENSE FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA Freguesia criada com a denominação de Bela Vista, por Lei Provincial no 12, de 06 de fevereiro de 1885, no Município de Tatuí. Lei estadual no 1658, de 04 de novembro de 1919, tomou o nome de Porangaba. Elevado à categoria de município com a denominação de Porangaba, por Lei Estadual no 2244, de 26 de dezembro de 1927, desmembrado do Município de Tatuí. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 04 de janeiro de 1928. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 2 Distritos: Porangaba e Tôrre de Pedra. Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, bem como no quadro anexo ao Decreto-lei Estadual no 9073, de 31 de março de 1938, o Município de Porangaba pertence ao têrmo judiciário de Tatuí, da comarca de Tatuí, e se divide em 2 Distritos: Porangaba e Tôrre de Pedra. No quadro fixado pelo Decreto-lei estadual no 9775, de 30 de novembro de 1938 para 1939-1943, o Município de Porangaba é composto de 2 Distritos: Porangaba e Tôrre de Pedra e pertence ao têrmo de Tatuí, da comarca de Tatuí. Em virtude do Decreto-lei Estadual no 14334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro territorial para vigorar em 1945-1948, o município ficou composto de 2 Distritos: Porangaba e Tôrre de Pedra, e pertence ao têrmo e comarca de Tatuí. Nos quadros fixados pelas Leis nos 233, de 24-XII-1948 e 2456, de 30 -XII­1953 para vigorar, respectivamente, nos períodos 1949-1953 e 1954-1958, permanece com os distritos de Porangaba e Tôrre de Pedra, comarca de Tatuí. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-VII-1960. Lei Estadual no 7644, de 30 de dezembro de 1991, desmembrado do Município de Porangaba o Distrito de Torre de Pedra. Em divisão territorial datada o município é constituído do Distrito Sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "3540507" }