Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
3.373 pessoas
Área da unidade territorial 2015
167,848 km²
Densidade demográfica 2010
18,03 hab/km²
Prefeito 2017
OTAMIR AMÉRICO MARQUES

Histórico

Leia
Sebastianopólis do Sul-SP Histórico No início do século XX, com a maioria das terras férteis e incultas e a mão-de-obra abundante e barata, surgiram muitas vilas por ação dos desbravadores na região de Rio Preto, a exemplo do que ocorreu em todo o Estado de São Paulo. O projeto de extensão da Estrada de Ferro Araraquara e a promessa de abertura de novas estradas foram outros fatores que influíram no desbravamento destas terras. Neste ínterim, em 1905 o sertanejo Januário Alves Ferreira, natural do Distrito de Tanabi e possuidor de uma gleba de terras de mais ou menos 2000 alqueires situados entre o Córrego do Retiro e o Córrego Fundo, afluentes da margem esquerda do Rio São José dos Dourados, doou uma área de 270 alqueires ao patrimônio de São Sebastião. Nessa área foi construída uma capela coberta de palha e em sua volta foram sendo construídos os ranchos de pau-a-pique cobertos de sapé dos primeiros moradores da povoação, que se iniciava com o nome de Ribeirão. O povoado de Ribeirão foi elevado a distrito em 1953 com o nome de Sebastianópolis do Sul, em homenagem ao seu padroeiro e com o intuito de se fazer a devida distinção com o antigo Distrito de Sebastianópolis situado na região, então já elevado a Município de General Salgado. Gentílico: Sebastianopolense Formação Administrativa Aparece no quadro fixado pela Lei Estadual nº. 2456, de 30-XII-1953, para 1954-1958, como distrito de Sebastinópolis do Sul, pertencente ao Município e Comarca de Monte Aprazível. Lei Estadual nº 8092, de 28 de fevereiro de 1964, eleva Sebastianopólis do Sul a Município, desmembrando-o do Município de Monte Aprazível, constituído pelo Distrito Sede. Desde então é constituído somente do Distrito sede.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "3551306" }