Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
3.389 pessoas
Área da unidade territorial 2015
638,18 km²
Densidade demográfica 2010
5,31 hab/km²
Prefeito 2017
PEDRO SPAUTZ NETTO

Histórico

Leia
Calmon Santa Catarina - SC Histórico A história do povoado de Calmon teve início no final do século XIX. Situado ao Norte do Estado de Santa Catarina, ainda quando era a pequena colônia Osman Medeiros e Campos de São Roque. Nos meados de 1900, já com o nome de Osman Medeiros, as terras ao redor pertenciam a grandes fazendeiros e pequenos posseiros, além da existência de algumas tribos dos índios Xoklengs e Kaigangues, que viviam em suas tendas na mata virgem, outras no campo de capim mimoso, castigados pelo vento e geadas no inverno. Conhecida também por São Roque, a região de Osman Medeiros vivia o dia-a-dia do caboclo na roça, no corte da erva-mate, do pastoreio do gado e criação de porcos. Negros e índios se misturavam, trabalhando para os grandes proprietários na época, conhecidos por ″coronéis″ do sertão. Muitos desses ″coronéis″ eram, na verdade, ex-combatentes da revolução de Farrapos, pesquisadores que atravessavam o sertão atrás de novidades, ou ex-donos de escravos. Entre 1900 e 1908, instalou-se em Osman Medeiros a grande madeireira Lumber, chamada pelos caboclos de ″engenho de serrar″. Com o tempo, a empresa adquiriu a maior parte das terras, negociando com o governo e os fazendeiros. Os pequenos proprietários eram expulsos ″à custa de bala″, pelo corpo de segurança da companhia americana. Esse corpo de segurança era composto por ex-pistoleiros, contratados por Percival Farquhar, empresário americano, para trabalharem no Brasil, que causavam medo e aterrorizavam a região. Muitos desses moradores, que sobreviveram, ficaram na miséria e por isso se revoltaram. Assim surgiu o famoso jaguncismo (espécie de crime praticado nos sertões ou expressão popular usada contra bandidos), com episódios horríveis, nos quais muitas pessoas morreram, casas e fazendas foram incendiadas. Outros acabaram trabalhando na estrada de ferro que passava pela região. Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Calmon, pela Lei Municipal n.º 78, de 05-04-1951, desmembrado do distrito de Matos Costa, subordinado ao município de Porto União. Em divisão territorial datada de 1-VI-1960, o distrito de Calmon figura no município de Porto União. Pela Lei Estadual n.º 819, de 23-04-1962, transfere o distrito de Calmon do município de Porto União para o de Matos Costa. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o distrito de Calmon figura no município de Matos Costa. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 18-VIII-1988. Elevado à categoria de município com a denominação de Calmon, pela Lei Estadual n.º 8.525, de 09-01-1992, desmembrado de Matos Costa. Sede no antigo distrito de Calmon. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1993. Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2003.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "4203154" }