Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
11.313 pessoas
Área da unidade territorial 2015
164,752 km²
Densidade demográfica 2010
64,55 hab/km²
Prefeito 2017
EDVALDO BEZ DE OLIVEIRA

Histórico

Leia
Gravatal Santa Catarina - SC Histórico: O POVOAMENTO do território que constitui o município, foi conseqüência natural da fundação da Colônia de Santo Antônio dos Anjos de Laguna. Em 1850, chegou ao lugar o Senhor João Martins de Souza, denominado-o Gravatá, pela existência de grande quantidade de parasita com esse nome. A seguir juntaram-se a João Martins de Souza, outras famílias como a de Pedro Neves, João Fernandes Lima, Roque São, cuja filha se casou com o Cel. Nicolau Corrêa de Andrade, gaúcho que ali se estabeleceu, prestando grandes serviços ao lugar. Fundaram a Capela de São Sebastião. A colonização por elementos estrangeiros foi introduzida de 1880 a 1885, com a chegada de alemães, sendo os primeiros, Jacob May, Adolfo Kindermann e José Knabben. O elemento italiano chegou em 1910 com Pedro Zapellini e Estevão Grasso que, acompanhados de outros vindos de Azambuja, se fixaram na colônia hoje denominada São Miguel. Vencidas as primeiras dificuldades, deram início às atividades agrícolas e ao comércio, começando assim a se desenvolver a pequena comunidade. Em 1926, foi criado o distrito com a denominação de Paz de Coração de Jesus, com a sede local da Capela do mesmo nome. Suas terras férteis garantiam o suporte econômico através da agricultura, substituída pelo turismo como mola-mestra da economia local a partir da descoberta das termas. Gentílico: gravatoense , gravatalense Formação Administrativa: Freguesia criada com a denominação de Gravatá, pela lei provincial nº 1219, de 02-10­1988, subordinado ao município de Tubarão. Em divisão administrativa permanecendo do ano de 1911, o distrito de Gravatá figura no município de Tubarão. Por lei municipal nº 141, de 10-07-1926, o distrito de Gravatá passou a denominar-se Coração de Jesus. Por lei municipal nº 149, de 26-06-1928, o distrito de Coração de Jesus voltou a denominar-se Gravatá. Em divisão administrativa referente ao ano 1933, o distrito de Gravatá figura no município de Tubarão. No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito de Gravatá permanece no município de Tubarão. Pelo decreto-lei estadual nº 941, de 31-12-1943, o distrito de Gravatá passou denominar-se Gravatal. No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o distrito já denominado Gravatal figura no município de Tubarão. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o distrito de Gravatal permanece no município de Tubarão. Elevado à categoria de município com a denominação de Gravatal, pela lei estadual nº 802, de 20-12-1961, desmembrado de Tubarão. Sede no antigo distrito de Gravatal. Constituído do distrito sede. Instalado em 29-12-1961. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 14-V-2001. Alterações toponímicas distritais. Gravatá para Coração de Jesus alterado, pela lei municipal nº 141, de 10-07-1926. Coração de Jesus para Gravatá alterado, pela lei municipal nº 149, de 26-06-1928. Gravatá para Gravatal alterado, pelo decreto-lei estadual nº 941, de 31-12-1943.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "4206207" }