Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
5.349 pessoas
Área da unidade territorial 2015
35,153 km²
Densidade demográfica 2010
137,83 hab/km²
Prefeito 2017
FLAVIO LUIZ FOSS

Histórico

Leia
Histórico No final do século passado e início deste, várias famílias de origem germânica se radicaram na Encosta do Morro Ferrabraz, parte de um projeto de área concedida ao Barão de Jacuí,pelo Imperador D. Pedro II, terras de imediações dos limites de São Leopoldo e Taquara entraram numa proposta de colonização planejada. A colonização se deu por volta de 1840 e 1860 pelas famílias : Henrique Kautzmann, Nikolaus Schmidt, Pedro Loth, Germano Siebel, Jacob Baum, Jacob Rech e família Holzbach, que se radicaram ao longo da Encosta do Ferrabraz, que na época não passava de mata virgem, foram os primeiros lotes comprados. O Barão de Jacuí, a partir de 1870, loteou as terras no Amaral Ribeiro (que na época era chamada de Ratzemberg) e Nova Palmeira (Araricá). Esta última havia sido escolhida para sede da colônia. O Barão de Jacuí construiu uma igreja grande, em lugar elevado, para os moradores católicos. Com o desenvolvimento mais rápido de Sapiranga, superando Nova Palmeira, tornando-se assim o ponto central da região. Em 15 de Agosto de 1903 foi inaugurada a Linha Férrea que se estendeu até Taquara, trazendo grandes benefícios para a localidade de Nova Palmeira (Araricá). Quando no fim do século passado os engenheiros mediram as terras de nossa região, ficaram impressionados com o enorme número de palmeiras que se espalhavam pelas coxilhas e baixadas, deram o primeiro nome de Nova Palmeira, depois de muitos anos passou a ser chamada de Vila João Corrêa (João Corrêa, porque o sub-prefeito de Sapiranga se chamava João Corrêa) sexto distrito de São Leopoldo. Em 1943 mudou o nome para Araricá (ou Ararica como a população costumava dizer) sendo que, a origem do município está ligada a uma ave colorida, verde com penas azuis , Arariquaba ou Ararí - CAA (tradução indígena). Araricá era destinada como bebedouro dos papagaios, esta ave é encontrada mais propriamente na Encosta do Brasil. Em 1944 voltou novamente a ser chamada de Nova Palmeira, e em 19 de Julho de 1945 tornou-se definitivamente Araricá. Datas Históricas: 22/10/1995 Plebiscito da Emancipação; 28/12/1995 Homologação do Governo, criando oficialmente o novo município; 03/10/1996 Eleições Municipais; 01/01/1997 Posse do 1º Prefeito, Vice-Prefeito e da Câmara de Vereadores. 02/09/2000 1ª Festa das Azaléias. Araricá é considerada a 'Cidade das Azaléias' promove anualmente a Festa das Azaléias, desde o ano de 2000. Originou-se da iniciativa da Comunidade Evangélica que possuía a vontade de fazer um Baile da Comunidade, no mês de Setembro, começo da primavera, quando as únicas flores encontradas na região eram as azaléias. Com elas, ornamentavam os arranjos. Vendo o sucesso desta iniciativa a administração da época, adotou a idéia e assim surgiu a Festa das Azaléias. O município adotou a flor como símbolo da cidade, se tornando conhecida como Cidade das Azaléias. Economicamente o município é bastante diversificado. Na produção primária produtos coloniais, hortifrutigranjeiros e apicultura. Setor metalúrgico, calçadista, serralheiro, madereiro, moveleiro e agropecuária. O comércio gira em torno dos minimercados, armazéns, bares, lojas de confecções, calçados, materiais de construção e elétrico, farmácia, entre outros. Formação Administrativa Distrito criado com denominação de Estância Velha, por ato municipal nº 117 de 15/01/1930, subordinado ao município de São Leopoldo . Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Estância Velha, figura no município de São Leopoldo. Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31/12/1936 e 31/12/1938, o distrito de Estância Velha passou-se a chamar João Corrêa. No quadro fixado a vigorar no período de 1939-1943, o distrito de João Correa, ex-Estância Velha, figura no município de São Leopoldo. Pelo Decreto estadual nº 720, de 29/12/1944, o distrito de João Corrêa passou a denominar-se Araricá. Em divisão territorial datada de 1/12/1950, o distrito de Araricá, ex-Estância Velha, figura no município de São Leopoldo. Pela lei estadual nº 2529, de 15/12/1954, o distrito de Araricá passou a fazer parte do novo município de Sapiranga. Em divisão territorial datada de 1/12/1960, o distrito de Araricá, figura no município de Sapiranga. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1993. Elevado à categoria de município com a denominação de Araricá, pela lei estadual nº 10667, de 28/12/1995, desmembrado de Sapiranga e Nova Hartz. Sede no antigo distrito de Araricá. Constituído do distrito sede. Instalado em 01/01/1997. Em divisão territorial data de 2003 , o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisões territoriais datada de 2007. Alterações toponímicas distritais. Estância Velha para João Corrêa, pelo decreto-lei estadual nº 7199 de 31/12/1938. João corrêa para Araricá alterado, pela lei estadual nº 720, de 29/12/1944.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "4300877" }