Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
2862 pessoas
Área da unidade territorial 2015
221.605 km²
Densidade demográfica 2010
12.95 hab/km²
Prefeito 2017
VOLMAR TELLES DO AMARAL

Histórico

Leia
SALDANHA MARINHO RIO GRANDE DO SUL- RS Histórico Por volta de 1890 tropeiros vindos do Paraguai com destino à São Paulo passavam pela localidade e alguns ali fixaram residência. Dos pioneiros são conhecidos os nomes de José de Melo, vulgo Corre; Nico Melo, Leonardo e Olivia de Tal, Maruca e João Lopes. Oficialmente, a ocupação de Saldanha Marinho ocorreu em 1895, com a vinda de imigrantes das colônias velhas. A sra. Ana Emilia de Quadros era então, proprietária das terras, e nomeou seu procurador José Claro da Silva, que a vendeu para a colonizadora Castro, Silva e Cia Ltda., que dividiu os lotes urbanos e rurais. As atuais estradas do interior, o traçado urbano, bem como a denominação da sede e das ruas, ainda hoje, são os mesmos designados pela empresa. Os primeiros que adquiriram lotes e se estabeleceram foram as famílias Limberger, Barden, Birckan, Metz Dorf, Kuhn, Hermann, Neuwald, entre outras. O nome do novo município. Saldanha Marinho, foi escolhido pela empresa colonizadora, em homenagem a Joaquim Saldanha Marinho, pernambucano de Olinda, nascido em 4 de maio de 1816. De 1861 a 1866 foi Deputado da Corte do Rio de Janeiro. Em 1868 foi eleito Senador da Corte, mas a eleição foi anulada. Nos anos seguintes, foi presidente das províncias de São Paulo e Minas Gerais. Com o advento da República foi Senador. Na cédula de duzentos mil réis figurava sua estampa. Pelas características de sua colonização, em Saldanha Marinho predominam os descendentes de alemães, perfazendo cerca de 50 % da população, ficando outros 30 % com a descendência de italianos, e o restante, 20 %, por brasileiros, índios e paraguaios. O desenvolvimento do município baseou-se no trabalho e na dedicação de seu povo. No início a área era de mato, rico em pinheirais, e logo instalaram-se engenhos. O primeiro foi de Evaristo de Castro, membro da empresa colonizadora. Os imigrantes, dedicavam-se basicamente a agricultura e pecuária de subsistência. Os principais produtos foram o milho, feijão e mandioca. Para o beneficiamento da mandioca, surgiram as ¨tafornas¨ . Em 1959, teve início a construção da Rodovia BR-14 ( Transbrasiliana ), que, mais tarde, recebendo cobertura asfáltica, passou a chamar-se BR-285. Esta rodovia contribuiu para o desenvolvimento de Saldanha Marinho , com a instalação de postos de serviços, restaurantes, melhoramento no transporte, aumento da produção agrícola e crescimento de núcleo urbano. O movimento emancipatório teve início em 1987, com a eleição da Comissão Emancipacionista em 07 de julho, presidida por Ernani Bohn. A população apoiou o movimento e votou maciçamente pelo Sim, em plebiscito realizado no dia 20 de dezembro de 1987. Gentílico: saldanhense Aspectos Administrativos Por Lei Municipal de Santa Bábara do Sul nº 25 de 24-12-1959 é criado o Distrito (2º) Saldanha Marinho. Através da Lei Estadual nº 8.593 de 09-05-1988, foi oficialmente criado o Município de Saldanha Marinho. Por Lei Municipal nº 72 de 18-12-1989 é criado o distrito de Campinas. Por Lei Estadual nº 9.026 de 08-02-1990 altera o artigo 2º da Lei Estadual nº 8.593 de 09-05-1988. O município é formado pelos distritos de Saldanha Marinho(Sede ) e Campinas permanecendo assim até 2007.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "4316436" }