Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
11.154 pessoas
Área da unidade territorial 2015
301,420 km²
Densidade demográfica 2010
36,15 hab/km²
Prefeito 2017
CLEITON BONADIMAN

Histórico

Leia
Seberi Rio Grande do Sul - RS Histórico A origem de Seberi remonta ao século XVIII, quando o território era ocupado por luso-brasileiros vindos de São Paulo com a finalidade de aprisionar índios e aproveitar o campo, com seu solo fértil, formando-se as primeiras roças. Há muitos anos atrás, quem vinha de Palmeiras das Missões, seguindo para Barril, hoje Frederico Westphalen, ou para Água do Mel, hoje Iraí, tinha que passar por uma Picada no início de uma vasta mata nativa, aberta pelos tropeiros que seguiam para São Paulo ou por Colonizadores que buscavam terras férteis, ou viajantes que por ali passavam. Muitos destes desbravadores gostaram do lugar e acabaram ficando por aqui. Este lugar ficou conhecido como Boca da Picada. No ano de 1912, chegou nesta região um agricultor trazendo a primeira carroça com quatro rodas. Em 1915, este mesmo agricultor fez a primeira plantação de trigo da região. A localidade de Boca da Picada continuou crescendo e mais pessoas vindo morar na região. Alguns desbravadores procuravam se instalar perto de um rio denominado Fortaleza. Resolveram então mudar o nome do lugar passando de Boca da Picada para Fortaleza, pois achavam que pelo rio poderiam identificar melhor o lugar. O topônimo é de origem indígena e significa Rio das Pedras Preciosas. Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Fortaleza, por Ato Municipal n.º 165, de 06-04-1918, subordinado ao município de Palmeira. Nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920, o distrito de Fortaleza, figura no município de Palmeira. Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937. Pelo Decreto-lei Estadual n.º 720, de 29-12-1944, o distrito de Fortaleza tomou a denominação de Seberi o município de Palmeira a chamar-se Palmeira das Missões. Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de Seberi (ex-Fortaleza), figura no município de Palmeira das Missões (ex-Palmeira). Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1955. Elevado à categoria de município com a denominação de Seberi, pela Lei Estadual n° 3.696, de 30-01-1959, desmembrado do município de Palmeira das Missões. Sede no antigo distrito de Seberi. Constituído de 2 distritos: Seberi e Erval Seco, ambos desmembrados do município de Palmeiras das Missões. Instalado em 06-04-1959. Pela Lei Municipal n.º 15, de 10-10-1959, é criado o distrito de Cristal e anexado ao município de Seberi. Em divisão territorial datada 1-VII-1960, o município é constituído de 3 distritos: Seberi, Cristal e Erval Seco. Pela Lei Estadual n.º 4.673, de 20-12-1963, desmembra do município de Seberi o distrito de Erval Seco. Elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído do distrito sede. O distrito de Cristal, figura no município de Rodeio Bonito. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-XII-1971. Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído do distrito sede. Pela Lei Municipal n.º 1.438, de 28-11-1995, é criado o distrito de Barrinha e anexado ao município de Seberi. Pela Lei Municipal n.º 1.438, de 28-11-1995, é criado o distrito de Lajeado Bonito e anexado ao município de Seberi. Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído de 3 distritos: Seberi, Barrinha e Lajeado Bonito. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007. Alteração Toponímica Distrital Fortaleza para Seberi, alterado pelo decreto-Lei Estadual n.º 720, de 29-12-1944.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "4320206" }