Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
2.978 pessoas
Área da unidade territorial 2015
202,977 km²
Densidade demográfica 2010
14,54 hab/km²
Prefeito 2017
LAURO SCHERER

Histórico

Leia
Toropi surgiu ao longo das linhas de colonização,de estradas abertas no meio do mato. Localizado a 60 Km de Santa Maria, em plena região central do Rio Grande do Sul. Limita-se, ao norte, com Jari; ao sul, com São Pedro do Sul; ao leste, Quevedos; e ao oeste, Mata. Atualmente, possui uma área de 203,5 km² e uma população de 3.196 habitantes. Por volta de 1890, as famílias Koglin, Warber e Drayfker começaram a ocupar o local onde hoje é a cidade de Toropi. Dedicavam-se à agricultura (lentilha e feijão preto), criação de porcos e gado (animais ainda selvagens que eram proveniente das missões jesuíticas, que, após a destruição das mesmas, passaram a viver soltos pelos campos).Pouco a pouco, conseguiram domesticar estes animais (a partir dos filhotes que vinham beber água no Rio Toropi). Após instalar suas casas, construíram um moinho, uma casa comercial, um clube, com cancha de bolão, tiro ao alvo e um grupo de coral. Surgiram as igrejas católica e luterana. Como havia uma sobra de 27 hectares de terra, foi pedido ao Governador do Estado para repartir entre as duas igrejas. Desta concessão foram criadas as primeiras escolas. A escola particular pertencia à Comunidade São Paulo, luterana, enquanto que a comunidade católica instalou a primeira escola pública, com nome de Escola Municipal José Bonifácio. Até então, Toropi era 7º Distrito de Vila Rica, que passou a ser chamado de Júlio de Castilhos, em homenagem ao Governador do Estado do Rio Grande do Sul. Então, foram criadas três vilas: Jóia, Jari e Toropi. Em 1928 foi criado o Município de Tupanciretã, a quem estas três vilas pertenciam.Como Toropi passou a ser Vila, teve instalado um cartório, uma subdelegacia e pequenas indústrias (ferrarias, marcenaria, fábrica de tamancos). O Município de Toropi, antigo 4º Distrito de São Pedro do Sul, foi anexado a ele em 1965, devido à facilidade de acesso. Com a anexação vieram melhoramentos, como: luz elétrica, construção da ponte sobre o Rio Toropi e o asfalto, que facilitou o acesso aos municípios vizinhos, substituindo a barca do Rio Toropi pela ponte de concreto e a estrada asfaltada. Com a vitória do ?sim? pela emancipação, no plebiscito do dia 22 de outubro de 1995 e através da Lei n.º 10.669, de 28 de dezembro de 1995, tornou-se município, sendo instalado em 1º de janeiro de 1997. Com a instalação do novo município, houve significativo melhoramento no transporte escolar, implantação do ensino médio, escola de ensino infantil, calçamento de ruas, abertura de outras, telefonia rural, correios e ginásio de esportes, avanços na saúde... O Município divide-se em dois distritos, Sede e Linha Bonita. A produção primária é dada em pequenas propriedades, onde produz-se principalmente: leite, fumo, soja, arroz e feijão.Destaca-se, também, no turismo com seus três balneários: Passo do Angico, Praia Nova e Toropi Mirim.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "4321493" }