Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
24.491 pessoas
Área da unidade territorial 2015
422,198 km²
Densidade demográfica 2010
56,20 hab/km²
Prefeito 2017
ALTAIR FRANCISCO COPATTI

Histórico

Leia
Três de Maio Rio Grande do Sul - RS Histórico O município de Três de Maio é um dos mais novos do Rio Grande do Sul. Seu território pertenceu sucessivamente a Rio Pardo, Cachoeira do Sul, Cruz Alta e Santo Ângelo, criados em 1809, 1819, 1834 e 1873, respectivamente. Suas terras faziam parte da chamada Província das Missões Orientais, administrada pelos Jesuítas, que tinham vindo ao Rio Grande do Sul em 1682. Houvera antes uma tentativa pelos mesmos Jesuítas de estender seu domínio por essas regiões - em 1626 começara a criação de um cordão de reduções, criadas num total de 18 - mas foram expulsos por bandeirantes paulistas vindos de 1636 a 1638. Os Jesuítas permaneceram de 1682 até a segunda metade do século XVIII. Em 1750 é assinado o Tratado de Madrid, pelo qual Espanha e Portugal permutariam as Missões Orientais pela Colônia do Sacramento, passando aquelas para Portugal e esta para a Espanha. De 1752 a 1757 os exércitos espanhóis e portugueses aliam-se para dar cumprimento ao Tratado, realizando campanhas para expulsar os membros da Companhia de Jesus. Depois cabe a administração dessa região a milicianos espamhóis; em 1801, José Borges do Canto e Manoel dos Santos Pedroso, com 40 milicianos, conquistam as Missões, integrando-as nos territórios rio-grandenses. Criado o município de Santo Ângelo, em 1873, Três de Maio fazia parte do distrito-sede. Desdobrando-se este em 1876, deu lugar ao de Santa Rosa, do qual passou a fazer parte Três de Maio. Em 1916, pelo Ato número 104, de 10 de julho, é nodificada a divisão territorial de Santa Rosa, criando-se o 7º distrito, cuja sede era Três de Maio. A partir de 1915 levas consecutivas de elementos colonizadores afluem à região. Descendentes de alemães e italianos, provenientes das chamadas Colônias Velhas, estas não mais capazes de absorver o excedente populacional, dirigiam-se a esses distritos de Santo Ângelo. Elementos nacionais, moradores em municípios circunvizinhos também se dirigiam aos florescentes povoados. A 1º de julho de 1931, pelo Decreto estadual número 4823, é criado o município de Santa Ros, acompanhando, o desmembramento, Três de Maio. Por Decreto municipal número 2, de 18 de junho de 1937 é o segundo distrito de Santa Rosa desdobrado em segundo e sétimo, sendo que do segundo, a sede era Três de Maio. Na década seguinte surge o movimento emancipacionista. A agricultura atingira níveis de produção notavelmente elevados; o comércio desenvolvia-se a contento, a indústria nascia promissoramente. Por muito tempo se falou e pensou-se na municipalização de Três de Maio. A partir de 1950 a idéia cria corpo entre os habitantes do distrito, e é desencadeada campanha nesse sentido. Após plebiscito, constatadas condições para municipalização, e demonstrada a vontade de seus habitantes, é criado, pela Lei estadual número 2526, de 15 de dezembro de 1954, o município de Três de Maio. A instalação teve lugar a 28 de fevereiro de 1955. O primeiro Prefeito e Vice-Prefeito foram respectivamente Walter Ullmann e Avelino Haas. A primeira Câmara Municipal era constituída pelos vereadores José Knorst, Inácio Felipe Jahn, Estanislau da Silva, Rivadávia Correa Borges, Reinoldo Brünstrupp, Selmus Gressler, e Edibaldo Styglmeier.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "4321808" }