Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
8.885 pessoas
Área da unidade territorial 2015
3.395,437 km²
Densidade demográfica 2010
2,50 hab/km²
Prefeito 2017
EDSON STEFANO TAKAZONO

Histórico

Leia
Anaurilândia Mato Grosso do Sul - MS Histórico No dia 19 de janeiro de 1940, Ciriaco Gonsalvez adquiriu 5870 ha. De terra na região denominada ″Água Clara″, que a partir de 1948 veio a se loteado com o intuito de se estabelecer um povoado. Foram, inicialmente, vendidos 56 lotes e construídas as principais moradias, dando-se, assim, a formação do povoado de Água Amarela, hoje, Anaurilândia. O fundador da cidade de Anaurilândia é o senhor Ciriaco Gonzáles. Ele veio para esta região em 1916 na companhia do Major Cecílio Manoel da Costa Lima, ambos se radicaram às margens do Riacho Quiteroizinho. O fundador 'Ciriaco Gonzáles', foi casado com Dona Anaurelíssia Gonzáles. O nome da cidade Anaurilândia' é uma homenagem a ela. Antes de se chamar Anaurilândia, o nome de nossa cidade era Vila Água Amarela.. O senhor Deocleciano Paes, irmão de dona Anaurelíssia, influenciou seu cunho Ciriaco Gonzáles a lotear parte da fazenda Água Amarela, onde foi edificado um povoado, dando origem a Vila Água Amarela. Em 1951 Ciriaco fez a primeira igreja. Ao lado construiu a primeira escola. Os professores eram: Paulo Ney e Lurdes, filha de Deocleciano Paes. Pioneiros: Ciriaco Gonzales, Deocleciano Paes, Joventino de Alemão, José Martins dos Santos, Eduardo Fernando dos Santos, Cristiano Severino da Silva, José Lemes de Godoy, Antônio Francisco Faria, Manoel Alves, Izidoro Pereira de Souza, José Pardini, Clementino Antônio Quilin, Luciano da Costa Lima (Região do Quebracho), Antônio Faria, Libório Penha, Quinca Nogueira, Thomas Deluqui, José Damázio de Almeida, Albino Rodrigues Carvalho, Targina Sabino da Silva, Leonardo Francisco Faria e outros. A principal fonte de economia da região onde hoje consiste o município de Anaurilândia era a exploração da erva-mate, planta nativa da região. O principal ervateiro foi o senhro Eduardo Fernando dos Santos, representante da Companhia Mate Laranjeira. O senhor José Martins foi quem trouze o café para Anaurilândia. Até então as pessoas tomavam o mate (chimarrão), mate doce ou chá mate. O primeiro porto de navegação da região foi o porto Sete de Setembro, descoberto por uma caravana de 900 soldados agregados por Ciriaco Gonzáles e Cristiano Severino da Silva. Os Soldados foram comandados por José Lito. O senhor Edufo Quinhone, foi o pioneiro no setor do comércio, trazia mercadorias de São Paulo através do porto São José para comercializar na região. Vendia: calçados, peças de tecidos, ferramentas, munição e remédios. Um mutirão foi organizado na antiga Vila Água Amarela para construir 'Escola Reunidas', anos depois (1958), com a morte de Deocleciano Paes (Duque) e a senhora Maria José Ferreira, a escola passou a se chamar 'Escola Reunida Maria José'. O senhor Luciano da Costa Lima é pioneiro, desbravador e considerado o fundador do Distrito Quebracho Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Anaurilândia (ex-povoado), pela lei estadual nº 672, de 11-12-1953, com terras desmembradas do distrito de Ivinheima, subordinado ao município de Bataguaçu. Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o distrito de Anaurilândia figura no município Bataguaçu. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960. Elevado á categoria de município com a denominação de Anaurilândia, pela lei estadual 1946, de 11-11-1963, desmembrado do município de Bataguaçu. Sede no antigo distrito de Anaurilândia. Constituído do distrito sede. Instalado em 25-04-1965. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "5000807" }