Síntese do Município

Dados Gerais

População estimada 2016
3.931 pessoas
Área da unidade territorial 2015
3.263,816 km²
Densidade demográfica 2010
1,40 hab/km²
Prefeito 2017
MAURIZA AUGUSTA DE OLIVEIRA

Histórico

Leia
Nova Brasilândia Mato Grosso - MT Histórico O núcleo que originou Nova Brasilândia começou pelas fazendas de gado instaladas na região desde o século passado. Notabilizaram-se as fazendas São Manoel e Rancharia. Os fazendeiros tangiam gado para o Estado de Goiás. Na década de sessenta, as fazendas abasteciam os garimpos de diamantes de Paranatinga. Na Fazenda Rancharia formou-se uma povoação que absorveu seu nome. Uma lei estadual criou, em 1964, o distrito de Paz de Rancharia, com área jurisdicionada à Chapada dos Guimarães. Deixaram seus nomes marcados na história de Nova Brasilândia: Antenor Manoel Raposeiras, Cizenando Santana, Alzerino Bernardes de Aguiar, Taller Gouveia Fernandes, Alexandre da Silva, Nhonhô de Campos, Gerson Camilo Fernandes e outros. Entre 1970 e 1971, o Sr. Lindomar Bett, dono da Fazenda Brasil, doou uma área para formação de um patrimônio, na região do Vale do Fica-Faca, a três quilômetros do rio Fica-Faca. Ao povoado foi dado o nome de Brasilândia, em homenagem à Fazenda Brasil. Em 29 de junho de 1976, foi criado o distrito de Brasilândia, que, pelo progresso obtido, absorveu o de Rancharia. O município foi criado a 10 de dezembro de 1979, através da lei estadual nº 4.149, com nome de Nova Brasilândia. O termo 'Nova' se adotou para distinguir o município de localidades homônimas existentes em Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Paraná. Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Brasilândia, pela lei estadual nº 3760, de 29-06-1976, subordinado ao município de Chapada dos Guimarães. Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o distrito de Brasilândia figura no município de Chapada dos Guimarães. Elevado à categoria de município com a denominação de Nova Brasilândia, pela lei estadual nº 4149, de 10-12-1979, desmembrado do município de Chapada dos Guimarães, criado com área do extinto distrito de Rancharia do município de Chapada dos Guimarães. Sede no atual distrito de Nova Brasilândia (ex-povoado de Brasilândia). Constituído do distrito sede. Instalado em 31-01-1981. Pela lei estadual nº 4270, de 16-12-1980, é criado o distrito de Riolândia (ex-povoado de Peresópolis), e anexado ao município de Nova Brasilândia. Pela lei estadual nº 4277, de 23-12-1980, é criado o distrito de Planalto da Serra e anexado ao município de Nova Brasilândia. Em divisão territorial datada de 1-VII-1983, o município é constituído de 3 distritos: Nova Brasilândia, Planalto da Serra e Riolândia. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1988. Pela lei estadual nº 5905, de 20-12-1991, desmembra do município de Nova Brasilândia o distrito de Planalto da Serra. Elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 1995, o município é constituído de 2 distritos: Nova Brasilândia e Riolândia. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009. Alteração toponímica distrital Brasilândia para Nova Brasilândia, alterado pela lei estadual nº 4149, de 10-12-1979.

Economia

Educação

Frota

População

Saúde

QR code
{ "codmun": "5106208" }