Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Vista panorâmica da cidade : Limoeiro de Anadia, AL - [19--]
Vista parcial da cidade : Igreja de Nossa Senhora da Conceição : Limoeiro de Anadia, AL - [19--]
Rio Coruripe: Limoeiro de Anadia, AL - [19--]
Maternidade Nossa Senhora das Dores : Limoeiro de Anadia, AL - [19--]
Igreja de Nossa Senhora da Conceição : Limoeiro de Anadia, AL - [19--]
Grupo Escolar Francisco Domingues : Limoeiro de Anadia, AL - [19--]
Veja mais fotos

História

Limoeiro de Anadia

Alagoas - AL

Histórico
O município originou-se de uma fazenda de gado, de propriedade de Antônio Rodrigues da Silva. Contam que no início de seu povoamento, os exploradores se embrenhavam nas suas matas, em busca de caças e sempre costumavam descansar à sombra de limoeiro, cuja árvore havia em abundância em sua paragens: daí, a explicação para o nome da cidade.
No entanto, falam também, que apesar do topônimo estar ligado à existência no local, limoeiro, assim denominaram o lugarejo, em consequência de nele terem encontrado uma árvore desta natureza, que se achava próxima à capela construída em 1789, a qual fora justamente erguida pelo próprio Antônio Rodrigues da Silva, cujo templo foi consagrado à Santa Cruz e à Nossa Senhora da Conceição do Limoeiro. O tempo passou e logo o povoado crescera em torno da capela, quando posteriormente o lugarejo teve sua denominação somada ao termo “de Anadia”, que era o topônimo da cidade à qual Limoeiro de Anadia estava subordinado.
Gentílico : limoeirense

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Limoeiro, pela lei provincial nº 456, de 2606-1865.
Elevado á categoria de vila com a denominação de Limoeiro, pela lei provincial nº 866, de 31-05-1882, desmembrado de Anadia. Sede no antigo distrito de Limoeiro. Constituído do distrito sede. Instalado em 08-01-1883.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede. Nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de 1-IX-1920, o município Aparece constituído de 3 distritos: Limoeiro, Arapiraca e Cana Brava. Pela lei estadual nº 1009, de 30-05-1924, desmembra do município de Limoeiro o distrito de Arapiraca. Elevado à categoria de município. Pelo decreto nº 1619, de 23-02-1932, o município de Limoeiro adquiriu o extinto município de Junqueiro, como simples distrito. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 3 distritos: Limoeiro, Cana Brava e Junqueiro. Pela Constituição Estadual, de 16-09-1935, desmembra do município de Limoeiro o distrito de Junqueiro. Elevado novamente à categoria de município. Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído de 2 distritos: Limoeiro de Anadia e Cana Brava.
Pelo decreto-lei estadual nº 2361, de 31-03-1938, é extinto novamente o município de Junqueiro, sendo seu território anexado novamente ao distrito sede do município de Limoeiro.
Pelo decreto estadual nº 2435, de 30-11-1938, é criado o distrito de Junqueiro e anexado ao município de Limoeiro. No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 3 distritos: Limoeiro, Cana Brava e Junqueiro.
Pelo decreto-lei estadual nº 2909, de 30-12-1943, o município de Limoeiro passou denominar-se Limoeiro de Anadia e o distrito de Cana Brava passou a denominar-se Taquarana.
No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 3 distritos: Limoeiro de Anadia ex-Limoeiro, Junqueiro e Taquarana ex-Cana Brava.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950.
Pela lei nº 1783, de 24-03-1954, o distrito de Taquarana passou a denominar-se Cana Brava dos Paes.
Pela lei nº 1785, de 05-04-1954 é criado o distrito de Coité ex-povoado e anexado ao município de Limoeiro de Anadia.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 3 distritos: Limoeiro de Anadia, Cana Brava dos Pais ex-Taquarana e Coité.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.
Pela lei estadual nº 2465, de 24-08-1962, desmembra de Limoeiro de Anadia o distrito de Cana Brava dos Paes. Elevado à categoria de município com a denominação de Taquarana. Sob a mesma lei desmembra do município de Limoeiro de Anadia o distrito de Coité, para formar o novo município de Taquarana.
Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alteração toponímica municipal
Limoeiro para Limoeiro de Anadia alterado, pelo decreto-lei estadual nº 2909, de 30-121943.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.33