Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Rua Laudelino Santos : Boa Vista do Tupim, BA - [19--]
Colégio cenecista : Boa Vista do Tupim, BA - [19--]
Posto médico : Boa Vista do Tupim, BA - [19--]

Mais fotos

História

Boa Vista do Tupim
Bahia - BA

Histórico

A área da Chapada Diamantina, que hoje fazem parte Boa Vista do Tupim e municípios próximos, era habitada por índios da tribo maricás, que foram expulsos de seu território por volta do século XVII, quando foi iniciada a penetração dos bandeirantes na região, em busca de ouro.
A partir daí, teve inicio a conversão das primeiras sesmarias e abertura de estrada para a Serra do Orobó, onde se iniciava a exploração aurífera. Com essas penetrações, foram se formando os primeiros núcleos populacionais na Chapada.
Conta-se que no final do século XIX, um casal de negros ? Berto e Bibiana, de origem banto, adquiriu a fazenda Peixe, vendida em 1918 ao Sr. Juvino Amaral, que acertou a permanência do casal na propriedade, expulsando-o posteriormente, juntamente com outros parentes. Após a expulsão, Berto comprou a área conhecida como Tamburi, onde hoje é a Rua 13 de Maio (Bairro dos Artista). A fazenda se estendia e a casa sede ficava onde hoje é o prédio da
prefeitura.
O povoado teve inicio com o nome de Boa Vista, por estar em um local de onde se desfrutava uma bela vista. Hoje é a praça Rui Barbosa, centro do atual município. Onde se concentra a sede do poder municipal, a igreja matriz do Sagrado Coração de Maria, órgãos públicos e estabelecimentos comerciais e residenciais.
As primeiras famílias que habitaram o município foram Tamburi, Barbosa, Moreira Pinho, Lopes, Ribeiro e Garcia.
Para que Tupim se emancipasse de Itaberaba houve uma luta, destacando-se como pessoas do município os senhores Elidio Pimenta de Freitas, Alício Dultra Andrade e Dr. Auto José de Castro. Finalmente, em 19 de julho de 1962, através da Lei nº 1729, Tupim passa a município com o nome de Boa Vista do Tupim.

Gentílico: tupinense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Boa Vista, pela lei municipal nº 47, de 04-10-1920, aprovada pela lei estadual nº 1470, de 16-05-1921, subordinado ao município de Itaberaba.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Boa Vista, figura no município de Itaberaba.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo decreto-lei estadual nº 141, de 31-12-1948, confirmado pelo decreto-lei estadual nº 12978, 01-04-1944, o distrito de Boa Vista tomou o nome de Boa Vista do Tupim.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de Boa Vista do Tupim, figura no município de Itaberaba.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.
Elevado á categoria de município com a denominação de Boa Vista do Tupim, pela lei estadual nº 1729, de 19-07-1962, desmembrado de Itaberaba. Sede no atual distrito de Boa Vista do Tupim (ex-Tupim). Constituído de 2 distritos: Boa Vista do Tupim e Brejo Novo, ambos desmembrados de Itaberaba. Instalado em 07-04-1963.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2 distritos: Boa Vista do Tupim e Brejo Novo.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte

Prefeitura Municipal; IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.6.13