Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Avenida Amélia Amado : Itabuna, BA - [19--]
Avenida Cinquentenário : Itabuna, BA - [19--]
Avenida Comendador Firmino Alves : Itabuna, BA - [19--]
Igreja Matriz de São José : Itabuna, BA - [19--]
Praça Olinto Leone : Itabuna, BA - [19--]
Praça Otaciana Pinto : Itabuna, BA - [19--]

História

O povoamento começou quando a região servia como principal ponto de passagem de tropeiros que se dirigiam a Vitória da Conquista. Na região cortada pelo rio Cachoeira, surgiu o Arraial de Tabocas em 1857, em meio à mata que então era desbravada.
O nome Tabocas, segundo a tradição, deve-se a um imenso jequitibá, de cuja derrubada fora feita uma disputa, sendo aquele o 'pau da taboca', ou seja, da roça que se abria.
O povoamento deu-se apenas a partir de 1867, feito principalmente por migrantes sergipanos, dentre os quais 'Félix Sevirino de Oliveira, depois conhecido como Félix Sevirino do Amor Divino' e José Firmino Alves. Félix fundou na entrada de Itabuna a Fazenda Marimbeta. Eles vieram da Chapada dos Índios, atual Cristinápolis - SE, e a eles se atribui a fundação cidade.

Formação Administrativa

Elevado à categoria de vila com a denominação de Itabuna, pela Lei Estadual n.º 692, de 13-09-1906, desmembrado do município de Ilhéus. Sede no distrito de Tabocas. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1908. .
Elevado à condição de cidade com a denominação de Itabuna, pela Lei Estadual n.º 807, de 28-07-1910.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede.
Pela Lei Municipal n.º 9, de 30-09-1916, aprovada pela Lei Estadual n.º 1.201, de 16-07-1917, é criado o distrito de Conceição de Ferradas e anexado ao município de Itabuna.
Pela Lei Municipal n.º 77, de 23-07-1920, aprovada pela Lei Estadual n.º 1.434, de 14-08-1920, é criado o distrito de Macuco (ex-povoado) e anexado ao município de Itabuna.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído de 4 distritos: Itabuna, Conceição das Ferradas, Macuco e Palestina
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 7 distritos: Itabuna, Conceição das Ferradas, Itapuí, Itaúna, Jussari, Macuco e Palestina.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 11.089, de 30-11-1938, o distrito de Conceição das Ferradas tomou a denominação simplesmente Ferradas.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 6 distritos: Itabuna, Ferradas (ex-Conceição das Ferradas), Itaúna, Jussari, Macuco e Palestina.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 141, de 31-12-1943, retificado pelo Decreto Estadual n.º 12.978, de 01-06-1944, o distrito de Macuco passou a denominar-se Buerarema; Palestina a chamar-se Ibicaraí; Itapuí tomou o nome de Itororó e Itaúna teve sua denominação alterada para Itapé.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 7 distritos: Itabuna, Buararema (ex-Macuco), Ferradas, Ibicaraí (ex-Palestina), Itapé (ex-Itaúna), Itororó (ex-Itapuí)
Pela Lei Estadual n.º 491, de 22-10-1952, desmembra do município de Itabuna o distrito de Ibicaraí. Elevado à categoria de município.
Pela Lei Estadual n.º 628, de 30-12-1953, é criado o distrito de Itaguira (ex-povoado), com terras desmembradas do distrito de Ibicaraí é anexado ao município de Itabuna. Pela mesma Lei Estadual acima citada, o distrito de Itororó foi transferido do município de Itabuna para o de Ibicaraí.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 6 distritos: Itabuna, Buararema, Ferradas, Itaguira, Itapé e Jussari.
Pela Lei Estadual n.º 1.170, de 17-09-1959, desmembra do município de Itabuna o distrito de Buerarema. Elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 5 distritos: Itabuna, Ferradas, Itaguira, Itapé e Jussari.
Pela Lei Estadual n.º 1.601, de 28-12-1961, desmembra do município de Itabuna o distrito de Itapé. Elevado à categoria de município.
Pela Lei Estadual n.º 1.732, de 19-07-1962, desmembra do município de Itabuna o distrito de Itaguira. Elevado à categoria de município com a denominação de Itaju da Colônia.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3 distritos: Itabuna, Ferradas e Jussari.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-I-1979.
Pela Lei Estadual n.º 4.448, de 09-05-1985, desmembra do município de Itabuna o distrito de Jussari. Elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 1988, o município é constituído de 2 distritos: Itabuna e Ferradas.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2001.
Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte

Itabuna (BA). Prefeitura. 2013. Disponível em: http://prefeituradeitabuna.com.br. Acesso em: jul. 2013.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.18.4