Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Não há fotos para este município

História

O território onde hoje está localizado o município de Jaborandi, era uma vasta extensão de terras que pertencia ao município de Correntina, quando no ano de 1928, começaram a chegar e a se instalarem em vários pontos desta área, os primeiros povoadores, oriundos das Lavras (Lavras Diamantinas), atraídos pela grande extensão de terra férteis e a abundância de água, fatores primordiais para a exploração das atividades agrícolas e pecuárias.
Nesta vasta extensão de terra, eram encontradas apenas algumas fazendas com atividades agropecuárias e os aglomerados de Arrodiador e Gatos, atualmente Felicianópolis e São Sebastião do Formoso, respectivamente, que eram formados por algumas casinhas de taipa sendo umas cobertas com telhas de barro e outras cobertas com palhas. Nestes aglomerados, situados à margem esquerda do rio Formoso, os primeiros moradores reuniam-se para fazerem transações comerciais de seus produtos e realizarem compras de produtos de outras regiões, tais como, o café, o sal, o querosene, tecidos, etc,. Há alguns anos mais tarde, surgiu próximo de onde hoje está situada a sede do município, um outro aglomerado que recebeu o nome de Jaborandizinho.
Por volta do ano de 1943, o proprietário da fazenda onde hoje está plantada a sede do município, Senhor Euclides Moreira Alves, além de suas atividades agropecuárias, começou também a explorar atividades comerciais, época em que cedeu uma área de terra de sua propriedade, para ser construída a capela que foi dedicada a Santo Antônio, padroeiro da cidade, ficando filiada a Diocese de Bom Jesus da Lapa, sendo que a primeira missa ocorreu no ano de 1945 e foi celebrada pelo Padre Francisco Valdemar Antunes.
Depois da construção da Igreja, começaram a surgir as primeiras casas ao seu redor, formando assim um pequeno aglomerado. O aglomerado promissor, que recebeu o nome de Jaborandi, devido a grande quantidade de árvores com este nome ali existente, começou a atrair moradores de várias regiões, sendo necessário a disponibilidade de locais para construir suas moradias. Foi aí que surgiram os primeiros loteamentos feitos pelos proprietários de terra, Senhor Euclides Moreira Alves e Dona Maria Queiroz. Os primeiros moradores do lugar, além dos donos dos loteamentos, foram os Senhores João Nunes da Mata, Timóteo de tal e Porfírio José da Silva. Chegando posteriormente para exercer atividades comerciais, os Senhores Porfírio Fogaça, Jorge Fogaça, Manoel Rodrigues, Antônio Cândido Rodrigues e outros.
Em 1975, o Povoado de Jaborandi já era bastante desenvolvido e seus moradores começavam a pensar na emancipação política administrativa e entendiam que os seus destinos teriam de serem tratados por eles mesmos. A partir daí, foram iniciados movimentos no sentido de viabilizar a independência política do Povoado, tendo a frente os Senhores Euclides Moreira Alves, Lídio Dias da Silva, Ismael Ferreira e outros. O movimento foi coroado de êxito com a criação do município de Jaborandi, no dia 09 de maio de 1985, através da Lei Estadual n° 4 438 e publicada no Diário Oficial do Estado da Bahia do dia 10 de maio de 1985, cuja instalação aconteceu solenemente no dia 12 de maio de 1986, tendo sido nesta mesma data instalada também a Câmara de Vereadores, que em seguida empossou o primeiro Prefeito Sr. Lídio Dias da Silva.
Para os nascidos no município o gentílico é Jaborandiense.

Fonte

Pesquisa e compilação feita por Joselino Rodrigues de Souza
Chefe da Agência do IBGEde Santa Maria da Vitória-Ba
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.46