Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Igreja Matriz de Santo Antônio de Pádua : Rua Coronel Benevides de Andrade : Queimadas, BA - [19--]
Ruínas da igreja velha : Queimadas, BA - [19--]
Embasa : Queimadas, BA - [19--]
Monumento : Banco Baneb : Queimadas, BA - [19--]
Barragem do rio Itapicuru : Queimadas, BA - [19--]
Rio Itapicuru : Queimadas, BA - [19--]
Veja mais fotos

História

Queimadas
Bahia - BA

Histórico

O desbravamento primitivo da região processou-se antes de 1700 quando bandeiras rumavam em busca das minas de Jacobina.
O território era habitado por tribos indígenas que, conquanto não deixassem o nome, delas ficaram vestígios.
A denominação Queimadas se originou de duas fazendas chamadas 'As Queimadas', onde se iniciou o povoamento, ambas pertencentes a D. Isabel Maria Guedes de Brito, que anteriormente residia no Município de Inhambupe. Essas fazendas se localizavam nas terras férteis que ficam à margem direita do Itapicuru-Açu. Vindo residir nelas, D. Isabel franqueou terras aos que ali se quisessem fixar.
Em 1815 foram concluídas as obras da igreja, onde se entronizou, a 13 de junho do mesmo ano, a imagem de Santo Antônio, patrono da povoação.
Quem diria então, que aquele modesto templo, oitenta anos depois, seria testemunha de cenas descritas por Euclides da Cunha, em 'Os Sertões'.
A 6 de fevereiro de 1886, foi a inaugurada a estação de Queimadas da Estrada de Ferro Bahia - São Francisco. Com sede no arraial de Santa Luzia, o Ato Estadual de 28 de julho de 1890 criou um distrito policial.
Em 1987, durante a campanha de Canudos, transitaram pelas Queimadas inúmeros soldados, concentrando-se aí tropas que conquistaram a 4.ª expedição, sob o comando do general Artur Oscar de Andrade Guimarães. Naquela época o distinto escritor patrício Euclides da Cunha ali permaneceu por alguns dias fazendo investigações geográficas, sociográficas e de outros aspectos, que contribuíram para a elaboração de sua obra monumental ' Os Sertões'.
O topômio foi alterado para Queimadas pela Lei estadual n° 1081, de 19 de junho de 1915.

Gentílico:

Formação Administrativa

Vinte sete anos depois, pela Lei Provincial n° 168, de 19 de maio de 1842, fundou-se a freguesia de Santo Antônio das Queimadas, pertencente ao Município de Vila Nova da Rainha, depois Bonfim e, afinal, Senhor do Bonfim.
Foi o arraial elevado à categoria de vila e criado o município, desmembrado do território do município de Vila Nova da Rainha ( Senhor do Bonfim), formado pelas freguesias de Santo Antônio de Queimadas e São Gonçalo da Serra da Itiúba, pela Resolução provincial n° 2454, de 20 de junho de 1884, recebendo o nome de Vila Bela de Santo Antônio das Queimadas. A instalação do município ocorreu a 20 de junho de 1887.
Na divisão administrativa de 1911, o município compunha-se de dois distritos: Queimadas e Itiúba.
Na divisão de 1933 aparece com três, sendo acrescido do distrito de Santa Luzia, criado pela Lei municipal de Queimadas n° 11, de 4 de Abril de 1918, e aprovada pela Lei estadual n° 1298, de 6 de maio de 1919.
Pelo Decreto estadual n° 9601, de 18 de julho de 1935, a subprefeita de Santa Luzia, criada pelo Decreto n° 8693, de 3 de novembro de 1933, foi elevada à categoria de município.
A subprefeitura de Itiúba, criada pelo Decreto n° 8526, de 6 de julho de 1933, também foi elevada à categoria de município pelo Decreto estadual n° 9322, de 17 de janeiro de 1935.
Ficou Queimadas constituído de distrito único, situação que continou até a criação do distrito de Nordestina pela Lei estadual n° 628, de 30 de dezembro de 1953.
Atualmente a sua composição administrativa é de dois distrito: Queimadas e Riacho da Onça.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.33