Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Banco BANEB : Ribeira do Amparo, BA - [19--]
TELEBAHIA : Ribeira do Amparo, BA - [19--]
Prefeitura Municipal : Ribeira do Amparo, BA - [19--]
Igreja Matriz de Nossa Senhora do Amparo : Ribeira do Amparo, BA - [19--]
Mercado municipal : Ribeira do Amparo, BA - [19--]
Escola estadual : Ribeira do Amparo, BA - [19--]
Veja mais fotos

História

Ribeira do Amparo
Bahia — BA

Histórico

A região foi primitivamente habitada pelos índios cariris.
A catequese do aldeamento foi confiada ao Padre Jacques Cocle, em princípio do século XVII.
No intuito de provocar os silvícolas, o catequista construiu um pequeno templo dedicado a Nossa Senhora do Amparo, no lugar denominado Ribeira do Pau Grande. Muitas famílias se instalaram no local e, em 1848, foi criada a freguesia com a invocação de Nossa Senhora do Amparo da Ribeira do Pau Grande.
Em 1890, o arraial passou a chamar-se Amparo, denominação que só foi mudada para Ribeira do Amparo em 1943, pelo Decreto-Lei Estadual nº 141, de 31 de dezembro.
O topônimo é derivado da existência do riacho Ribeira, que banha o município, e do nome da padroeira da cidade, Nossa Senhora do Amparo.
Os nativos de Ribeira do Amparo são chamados amparenses.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Amparo, pela lei provincial nº 294, de 09-05-1848, subordinado ao município de Pombal.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Amparo, pelo ato estadual de 17-12-1890, desmembrado do município de Pombal. Sede na antiga povoação de Amparo. Constituído do distrito sede. Instalada em 28-02-1891.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920.
Pelo decreto estadual nº 7479, de 08-07-1931, o município foi extinto, sendo seu território anexado ao município de Cipó, como simples distrito.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Amparo, figura no município de Cipó.
Pelo decreto-lei estadual nº 141, de 31-12-1943, retificado pelo decreto estadual nº 141, de 01-06-1944, o distrito de Amparo passou a denominar-se Ribeira do Amparo.
No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o distrito Ribeira do Amparo (ex-Amparo), figura no município de Cipó.
Assim permencendo em divisão territorial datada de 1-VII-1955.
Elevado à categoria de município com a denominação de Ribeira do Amparo, pela lei estadual nº 1027, de 14-08-1958, desmembrado do município de Cipó. Sede no antigo distrito de Ribeira do Amparo. Constituído de 2 distritos: Ribeira do Amparo e Heliópolis. Instalado em 07-04-1959.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Ribeira do Amparo e Heliópolis.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1985.
Pela lei estadual nº 4429, de 11-04-1985, desmembra do município de Ribeira do Amparo o distrito de Heliópolis. Elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 1988, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alteração toponímica distrital

Amparo para Ribeira do Amparo, alterado pelo decreto-lei estadual nº 141, de 31-12-1943, retificado pelo decreto estadual nº 141, de 01-06-1944.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.33