Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Banco do Brasil S.A. : Ubaitaba, BA - [19--]
Centro Educacional Ubaitabense : Ubaitaba, BA - [19--]
Delegacia de Polícia : Ubaitaba, BA - [19--]
Fórum : Ubaitaba, BA - [19--]
Ginásio de esportes : Ubaitaba, BA - [19--]
Ginásio Polivalente : Ubaitaba, BA - [19--]
Veja mais fotos

História

Ubaitaba Bahia - BA
Histórico
A região era, primitivamente, habitada pelos índios tupiniquins.
No século XVIII, com o desenvolvimento da Capitania de São Jorge dos Ilhéus, estabeleceram-se fazendas no litoral da vasta região. Em virtude da resistência dos proprietários, ao desbravamento e à cultura de suas terras, os aventureiros dirigiram-se para
o interior, subindo pela estrada que partia da Vila da Barra do Rio das Contas. Surgiram várias povoações, entre as quais o arraial de Tabocas, formada na fazenda do mesmo nome, situada à margem esquerda do Rio das Contas.
Em 28 de janeiro de 1914, uma enchente do rio destruiu o “arraial de Tabocas”, dispersando sua população. Coordenados pelo médico Francisco Xavier de Oliveira, residente no arraial, os flagelados reconstituíram a povoação, acima do nível atingido pelas águas. A denominação escolhida foi Itapira.
Criou-se a freguesia, em 20 de dezembro de 1912.
Em 1931, o arraial de Itapira foi elevado a vila.
O topônimo Ubaitaba, conferido em 1933, resulta da reunião dos vocábulos
indígena “ubá”, que significa canoa pequena “y”, rio, e “taba”, aldeia, cidade. Segundo historiadores, significa “cidade”, onde o transporte é feito por canoas pequenas. Os nativos de Ubaitaba são chamados ubaitabenses.
Gentílico: ubaitabense

Formação Administrativa
Elevada à categoria de vila com a denominação de Itapira, pelos decretos estaduais nºs 7455, de 23-06-1931 e 7479, de 08-07-1931.
Pelo decreto estadual nº 7850, de 16-12-1931, a sede do município de Itapira passou a denominar-se Itacaré.
Pelo decreto estadual nº 7050, de 16-12-1931, a vila de Itapira foi extinta, sendo seu território anexado ao município de Itacaré.
Elevado à categoria de município com a denominação de Itapira, pelo decreto nº 8567, de 27-07-1933, desmembrado de Itacaré. Sede no antigo distrito de Itapira. Reinstalada em 15-08-1933.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído do distrito sede.
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 3 distritos: Itapira, Destampina e Itajaí.
Pelo decreto-lei estadual nº 11089, de 30-11-1938, o distrito de Destampina deixa de pertencer a Itapira para ser anexado ao município de Boa Nova com a denominação de Itagibá.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 2 distritos: Itapira e Itajaí.
Pelo decreto-lei estadual nº 141, de 31-12-1948, confirmado pelo decreto-lei estadual nº 12978, de 08-06-1944, o município de Itapira passou a denominar-se Ubaitaba e
o distrito de Itajaí a denominar-se Tapirama.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 2 distritos: Ubaitaba ex-Itapira e Tapirama ex-Itajaí. Pela lei estadual nº 628, de 30-12-1953, é criado o distrito de Gongogi ex-povoado, criado com terras desmembradas do distrito Tapirama e anexado ao município de Ubaitaba. Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 3 distritos:
Ubaitaba, Gongogi e Tapirama. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960. Pela lei estadual nº 1668, de 12-04-1962, desmembra do município de Ubaitaba o
distrito de Gongogi e Tapirama, para formar o novo município de Gongogi. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito
sede.
Pela lei nº 961/99 , de 06/01/1999, são criados os distritos de Faisqueira e Piraúna, e anexados ao município de Ubaitaba.

Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído de 3 distritos: Ubaitaba, Faisqueira e Piraúna.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.39