Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Não há fotos para este município

História

A região era habitada pelos índios Tapuias e Balurité sendo conhecida por vila dos índios.
A ocupação do Vale do Acarape ocorre como em outros setores do estado, seguindo os cursos dos rios principais, no caso, o rio Pacoti. As primeiras sesmarias concedidas na região de Baturité estavam localizadas na base da serra e lentamente, seguindo o curso dos rios Choró e Pacoti, se procedeu a ocupação até a serra de Baturité.
Apenas no primeiro quarto do século XVIII começaram a chegar os primeiros brancos que se estabeleceram na parte sul da serra de Baturité, embora a primeira sesmaria concedida na área do Maciço de Baturité date de 1680. Em 1702 foi concedida a Marcelino Gomes a primeira sesmaria na área do município de Redenção, na serra do Acará, começando no pólo Paracupeba, e, em 1776, a Serra do Cantagalo foi apossada por Pantaleão Ferreira de Castro.
Outras sesmarias datam de: 1718 do Pe. Filipe Pais Barreto; 1727 de Tomás Galvão e mais seis companheiros; 1735 de Manuel Rodrigues das Neves; 1735 de Pedro da Rocha Maciel e 1736 de Teodósio de Pina e Silva.
Os primeiros sesmeiros, originários de Pernambuco, introduziram na região a cultura da cana-de-açúcar e, a partir de 1740, começaram a surgir as primeiras usinas.
O topônimo é de origem indígena, composta de Acará (peixe) e Pé (caminho) significando “caminho dos peixes” ou conforme José Alencar Acará (Garças) e Pé (caminho ou Canal), significando “Caminho das Garças”.

Formação Administrativa

Elevado à categoria de vila a denominação de Acarape, pela Lei Provincial n.º 1.255, de 28-12-1868, desmembrado de Baturité. Sede no atual distrito de Acarape. Instalado em 21-08-1841.
Pelo Ato Provincial de 27-12-1883, é criado o distrito de Cala Boca e anexado ao município de Redenção.
Elevado à condição de cidade com a denominação de Redenção, pela Lei Provincial n.º 2.167, de 17-08-1889.
Pela Lei Estadual n.º 2.396, de 21-10-1926, o distrito de Cala Boca passou a denominar-se Acarape.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, Acarape figura com distrito de Redenção.
Assim permanecendo divisão territorial datada de 1-VII-1960.
Elevado à categoria de município com a denominação de Acarape pela Lei Estadual n.º 6.432, de 16-07-1963, desmembrado de Redenção. Sede no antigo distrito de Acarape. Constituído de 2 distritos: Acarape e Barreira (ex-Barreira Vermelha), ambos desmembrados de Redenção.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2 distritos: Acarape e Barreira.
Pela Lei Estadual n.º 8.339, de 14-12-1965, é extinto o município de Acarape, sendo seu território anexado ao município de Redenção.
Em divisão territorial datada territorial datada de 31-XII-1968, Acarape é distrito de Redenção.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 18-VIII-1988.
Elevado à categoria de município com a denominação de Acarape pela Lei Estadual n.º 11.308, de 15-04-1987, desmembrado de Redenção. Sede no antigo distrito de Acarape. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1989.
Em divisão territorial datada de 1995, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2017.

Fonte

Acarape (CE). Prefeitura. [200?].
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.18.0