Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Rua Senador Jaguaribe : Camocim, CE - [19--]
Camocim Clube : Rua Engenheiro Privat : Camocim, CE - [19--]
Prefeitura Municipal : Camocim, CE - [19--]
Paço Municipal : Igreja Matriz de Bom Jesus dos Navegantes : Praça Severino Morel : Camocim, CE - [19--]
Curro municipal : Camocim, CE - [19--]
Mercado público : Camocim, CE - [19--]
Veja mais fotos

História

As primeiras referências à região que hoje constitui o município de Camocim são encontradas na Carta Foral de 11 de março de 1935, na qual figuraram terras doadas por D. João III ao historiador João Cardoso de Barros, associado a Aires da Cunha e Fernando Alvarez, num total de 75 léguas de costa, medidas da Ponta dos Mangues Verdes, (Maranhão) até o Rio da Cruz (Camocim), denominada terra de Jericoacoara.
Os donatários referidos, entretanto, não procuraram colonizar suas terras, que por largo período ficaram abandonadas. Na era colonial, Camocim foi visitado várias vezes por corsários estrangeiros que mantinham comércio com os índios, sem que tentassem efetivamente o povoamento da região.
O primeiro contato com a região estabeleceu-o Pedro Coelho de Sousa, nobre açoriano, morador na Paraíba, que, no intuito de recuperar ao menos em parte a perda de cabedais que com o seu cunhado Frutuoso Barbosa sofrera na Paraíba, resolveu aventurar-se à conquista da serra da lbiapaba, para o que pediu e obteve licença do governador-geral Diogo Botelho.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Camocim por Ato Provincial de 02-09-1873.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Camocim pela Lei Provincial n.º 1.849, de 29-02-1879, sendo desmembrado de Granja. Sede no núcleo de Camocim. Constituído do distrito. Instalada em 08-01-1883.
Elevado à condição de cidade com a denominação de Camocim pela Lei Provincial n.º 2.162, de 17-08-1889.
Pelo Ato 11-02-1890, é criado o distrito de Guriú e anexado ao município de Camocim.
Pelo Ato Estadual de 26-03-1892 e pela Lei Municipal n.º 3, de 30-03-1893, é criado o distrito de Almas e anexado ao município de Camocim.
Pelo Ato Provincial de 07-06-1893 e pela Lei Municipal n.º 3, de 30-03-1893, é criado o distrito de Barroquinha e anexado ao município de Camocim.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911 o município é constituído de 4 distritos: Camocim, Almas, Barroquinha e Guriú.
Pelo Decreto Estadual n.º 1.156, de 04-12-1933, o município de Camocim adquiriu o distrito de Chaval do município de Quixaramobim.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933 o município é constituído de 5 distritos: Camocim, Almas, Barroquinha, Chaval e Guriú. Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 1.114, de 30-12-1943, o distrito de Almas passou a denominar-se Bitupitá.
Em divisão territorial datada de I-VII-1950 o município é constituído de 5 distritos: Camocim, Barroquinha, Bitupitá, Chaval e Guriú.
A Lei Estadual n.º 1.153, de 22-11-1951, desmembra do município de Camocim o distrito de Chaval, elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de I-VII-1955 o município é constituído de 4 distritos: Camocim, Barroquinha, Bitupitá e Guriú. Assim permanecendo em divisão territorial datada de I-VII-1960.
A Lei Estadual n.º 6.553, de 01-07-1963, desmembra do município de Camocim o distrito de Barroquinha, elevado à categoria de município.
A Lei Estadual n.º 6.385, de 04-07-1963, desmembra do município Camocim o distrito de Bitupitá, elevado à categoria de município.
Pela Lei Estadual n.º 6.397, de 03-07-1963, é criado o distrito de Amarelas e anexado ao município de Camocim.
Em divisão territorial datada 31-XII-1963 o município é constituído de 3 distritos: Camocim, Amarelas e Guriú.
Pela Lei Estadual n.º 8.339, de 14-12-1965, o município de Camocim adquiriu os extintos municípios de Barroquinha e Bitupitá, como simples distritos, pois foram criados e não instalados.
Em divisão territorial datada de 3I-XII-1968 o município é constituído de 5 distritos: Camocim, Amarelas, Barroquinha, Bitupitá e Guriú. Assim permanecendo em divisão territorial datada de I-VII-1983.
A Lei Estadual n.º 11.432, de 11-05-1988, desmembra do município Camocim os distritos de Barroquinha e Bitupitá, para constituírem novamente o município de Barroquinha.
Em divisão territorial datada de 1991 o município é constituído de 3 distritos: Camocim, Amarelas e Guriú. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2014.

Fonte

Camocim (CE). In: ENCICLOPÉDIA dos municípios brasileiros. Rio de Janeiro: IBGE, 1959. v. 16 p. 111-117. Disponível em: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv27295_16.pdf. Acesso em: ago. 2015.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.26.1