Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Fazenda de gado em Palhano (CE) - maio. 1962
Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição : Palhano, CE - [19--]
Unidade Sanitária da FSESP : Palhano, CE - [19--]

Mais fotos
Mercado Público : Palhano, CE - [19--]
Centro Administrativo : Palhano, CE - [19--]
Centro Comunitário Gov. Virgílio Távora : Palhano, CE - [19--]

Mais fotos

História

Palhano Ceará - CE

Histórico
Começou a história do Palhano, segundo depoimentos de pessoas mais idosas; um senhor por nome José Palhano, foi o primeiro morador desta região. Dizem os mais idosos que este homem andava caçando, chegou neste local à margem esquerda do rio. Ele fixou moradia e com o passar do tempo foi aumentando a população.
A cidade é banhada por uma afluente do rio Jaguaribe, este nasce na serra Azul, em Quixadá e atravessa outros municípios, antes de adentrar o território Palhanense e depois desagua no trecho do Jaguaribe em Itaiçaba.
Pelos dados apanhados o cidadão José Palhano, como o primeiro habitante do local, teria encravado no local uma Cruz, sendo benta pelo o Frei Davi, pregando missões em 1901. O dito cruzeiro ainda existe, localizado na Rua Joaquim Rodrigues. Esta foi a razão porque ficou sendo Cruz de Palhano. Depois passou a chamar-se Vila Palhano.
Limita-se ao norte com o município de Beberibe e Fortim; ao sul Russas; a leste Jauaruana, Itaiçaba e Aracati; oeste Morada Nova.
Economia é baseada na agricultura de subsistência, com a predominância das culturas de feijão,milho, mandioca. É complementada pelas culturas do caju e da carnaúba, sendo esta a principal extração vegetal. Destaca também os trabalhos nas cerâmicas de telhas.
No setor secundário da economia municipal destaca-se alguns armazéns, lojas farmácias. Aos domingos ocorre a feira livre que é tradicional no município.
Gentílico: palhanense

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Cruz do Palhano, por ato provincial de 18-08-1882, subordinado ao município de São Bernardo das Russas.
Pela lei estadual nº 2155, de 12-08-1889, transfere o distrito da Cruz do Palhano do município de São Bernardo das Russas para o de União.
Pelo decreto nº 58, de 04-09-1890, o distrito de Cruz do Palhano volta a pertencer ao município de São Bernardo das Russas.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Cruz de Palhano, figura no município de São Bernardo das Russas.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo decreto nº 448, de 20-12-1938, o distrito de Cruz de Palhano passou a denominar-se Palhano e o município de São Bernardo das Russas a denominar-se simplesmente Russas.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de Palhano ex-Cruz do Palhano, figura no município de Russas ex-São Bernardo das Russas.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1955.
Elevado à categoria de município com a denominação de Palhano, pela lei estadual nº 4076, de 08-05-1958, desmembrado de Russas. Sede no antigo distrito de Palhano. Constituído do distrito sede. Instalado em 15-05-1958.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-XII-1963.
Pela lei estadual nº 11455, de 25-02-1988, são criado o distritos de São José e anexado ao município de Palhano.
Em divisão territorial datada de 18-VIII-1988, o município é constituído de 2 distritos: Palhano e São José Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.
Alteração toponímica distrital
Cruz do Palhano para simplesmente Palhano alterado, pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.4.24