Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Vista panorâmica da cidade : Redenção, CE - [19--]
Cachoeira de Paracupeba : Redenção, CE - [19--]
Redenção Hotel : Redenção, CE - [19--]
Correios e Telégrafos : Redenção, CE - [19--]
Praça : Capela de São Miguel : Capela de Santa Rita : Redenção, CE - [19--]
Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição : Redenção, CE - [19--]
Veja mais fotos

História

Redenção Ceará - CE

Histórico

O distrito policial de Acarape foi criado por Ato Provincial de 18 de março de 1942.
A freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Acarape, atualmente Redenção, deve sua criação à lei provincial nº 1.242, de 5 de dezembro de 1868. Instituída canonicamente por Provisão de 24 de agosto de 1869.
No mesmo dia da criação do município era assinada uma lei autorizando o Presidente da Província a despender, anualmente, a importância de quinze mil réis com a libertação de escravos de preferência do sexo feminino. Esta circunstância - coincidência ou não - parece ter influído no ânimo dos acarapenses que, em pouco tempo, se levantaria contra o jugo infamante. Em 8 de dezembro de 1882 fundou-se a Sociedade Redentora Acarapense composta de abolicionistas fervorosos e dirigida por Gil Ferreira Gomes de Farias (presidente), Antônio da Silva Ramos (procurador), R. A. Gomes Carneiro (2º secretário), Henrique Pinheiro Teixeira (1º scretário), Padre Luís Bezerra da Rocha (tesoureiro) e Deocleciano de Menezes(delegado). Decorridos apenas 23 dias da criação desta notável Sociedade, o Acarape lançou no Ceará, no dia 1º de janeiro de 1883 a semente bendita da Redenção, com protesto solene à senzala infame, bradando para todo o Brasil, ?Nesta terra não há mais escravos?, um gesto pioneiro, heróico e entusiasta, que lhe valeu a consagração nacional e a admiração do povo brasileiro, expressas nos designativos com que então o batizaram: ?Berço das Autoras? e ?Rosal da Liberdade?.
Em data de 23 de janeiro, a ata de sessão da Câmara registra a solidariedade dos vereadores e a proposta e aprovação de telegrama dirigido pela Comuna ao Imperador D. Pedro II, comunicando-lhe a extinção da Escravatura no município de Acarape.

Gentílico: redencionista

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Acarape por ato provincial de 1803-1842 e por lei provincial ou Resolução provincial nº 1242, de 05-12-1968.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Acarape pela lei provincial nº 1255, de 28-12-1968, desmembrado de Baturité. Sede no núcleo de Acarape. Instalado em 21-08-1871.
Elevado à condição de cidade com a denominação de Redenção pela lei provincial nº 2167, de 17-08-1889.
Pelo ato estadual de 11-09-1890 é criado o distrito de Serrinha do Nicolau e anexado ao município de Redenção.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 2 distritos: Redenção e Serrinha do Nicolau.
Pelo ato estadual de 04-11-1912, é criado o distrito de Acarape do Meio e anexado ao município de Redenção.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído de 7 distritos: Redenção, Acarape, Acarape do Meio, Barreira Vermelha, Canafístula, Lagoa das Pedras e Serrinha do Nicolau.
Pelo decreto estadual nº 1591, de 23-05-1935, o distrito de Lagoa das Pedras deixa de pertencer o município de Redenção, sendo anexado ao município de Guarani.
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 6 distritos: Redenção, Acarape, Acarape do Meio, Antônio Diogo, Barreira Vermelha e Serrinha do Nicolau. Não figurando o distrito de Canafístula.
Pelo decreto estadual nº 169, de 31-03-1938, o distrito de Serrinha do Nicolau aparece com denominação de Serrinha.
Pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938, o distrito de Acarape do Meio passou a denominar-se São Geraldo, Barreira Vermelha a denominar-se simplesmente Barreira.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 6 distritos: Redenção, Acarape, Antônio Diogo, Barreira ex-Barreira Vermelha, São Geraldo ex-Acarape do Meio e Serrinha ex-Serrinha do Nicolau.
Pelo decreto-lei estadual nº 1114, de 30-12-1943, o distrito de Serrinha passou a denominar-se Guassi.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 6 distritos: Redenção, Acarape, Antônio Diogo, Barreira, Guassi ex-Serrinha e São Geraldo.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.
Pela lei estadual nº 6432, de 16-07-1963, desmembra do município de Redenção os distritos de Acarape e Barreira, para formar o novo município de Acarape.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 4 distritos: Redenção, Antônio Diogo, Guassi e São Geraldo.
Pela lei estadual nº 8339, de 14-12-1965, o município de Redenção adquiriu o extinto município de Acarape e o distrito de Barreira, como simples distritos.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1968 o município é constituído de 6 distritos: Redenção, Acarape, Antônio Diogo, Barreira, Guassi e São Geraldo.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1983.
Pela lei estadual nº 11307, de 15-04-1987, desmembra do município de Redenção o distrito de Barreira. Elevado à categoria de município.
Pela lei estadual nº 11308, de 15-04-1987, desmembra do município de Redenção o distrito de Acarape. Elevado à categoria de município
Em divisão territorial datada de 17-I-1991, o município é constituído de 4 distritos: Redenção, Antônio Diogo, Guassi e São Geraldo.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005

Alteração toponímica distrital
Acarape para Redenção alterado, pela lei provincial nº 2167, de 17-08-1889.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.32