Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Vista aérea da cidade : Conceição da Barra, ES - [19--]
Vista parcial da cidade : Conceição da Barra, ES - [19--]
Rio São Mateus : Conceição da Barra, ES - [19--]
Av. Beira Rio : Bar e Restaurante Pontilhão : Conceição da Barra, ES - 1983
Cais : Rio São Mateus : Conceição da Barra, ES - [19--]
Cais : Rio São Mateus : Conceição da Barra, ES - [19--]

História

Conceição da Barra é um dos mais antigos municípios do Estado do Espírito Santo. Seu porto foi determinante geograficamente para a fundação da cidade que data de 1537, quando uma forte tempestade, afundou um navio espanhol nas proximidades de um grande rio chamado Kiri-kerê, pelos índios Guaianás, que habitavam essas terras.
Esse nome, que significa dorminhoco, foi dado devido à quietude das águas do rio, hoje denominado Cricaré.
Portugueses e indígenas, aliados aos náufragos do navio espanhol, estabeleceram, na foz do Rio Cricaré, um núcleo populacional, com o nome de Barra. O desenvolvimento inicial se deveu, principalmente, à intensidade de navios, vindos da Bahia, que aportavam aproveitando a facilidade de acesso.
Em 1596, a povoação de Barra recebeu a visita do padre José de Anchieta, que visitou também a povoação no Vale do Cricaré, no dia 21 de setembro do mesmo ano e como era costume denominar as terras e os acidentes geográficos com o nome do santo do dia, Anchieta trocou o nome do rio para São Mateus e deu à povoação o mesmo nome. Com essa troca de nomes, o núcleo populacional da margem norte passou a chamar-se Barra de São Mateus.
Em ato datado de 11 de agosto de 1831, Barra de São Mateus foi instituída Paróquia, sob a invocação de Nossa Senhora da Conceição, cuja imagem era venerada numa rústica capela erguida nos primórdios da colonização, onde se encontra até os dias de hoje.

Formação Administrativa

Freguesia criada com a denominação de Conceição da Barra de São Mateus, por Decreto de 11-08-1831, subordinado ao município de São Mateus.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Barra de São Mateus, pela Resolução do Conselho do Governo de 02-04-1833, desmembrado de São Mateus. Sede na vila de Barra de São Mateus. Constituído do distrito sede. Instalado em 05-10-1833.
Por Decreto Provincial n.º 4, de 04-07-1861, é criado o distrito de Itaúnas e anexado ao município de Barra de São Mateus.
Elevado à condição de cidade com a denominação de Conceição da Barra, por Decreto Estadual n.º 28, de 19-09-1891.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 2 distritos: Conceição da Barra e Itaúnas.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, município é constituído de 2 distritos: Conceição da Barra e Itaúnas.
Assim permanecendo em divisões territoriais de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 2 distritos: Conceição da Barra e Itaúnas.
Pela Lei Estadual n.º 265, de 22-10-1949, é criado o distrito de Taquaras com território desmembrado de distrito sede do município de Conceição da Barra, subordinado ao município de Conceição da Barra.
Em divisão territorial datada de I-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos: Conceição da Barra, Itaúnas e Taquaras.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de I-VII-1960.
Pela Lei Estadual n.º 1.931, de 07-01-1964, é criado o distrito de Vinhático e anexado ao município de Conceição da Barra.
Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 4 distritos: Conceição da Barra, Itaúna, Taquaras e Vinhático.
Pela Lei Estadual n.º 3.383, de 27-11-1980, o distrito de Taquaras passou a denominar-se Pedro Canário.
Em divisão territorial datada de 31-VII-1983, o município é constituído de 4 distritos: Conceição da Barra, Itaúna, Taquaras e Vinhático.
Pela Lei Estadual n.º 3.623, de 23-12-1983, é desmembrado do município de Conceição da Barra, o distrito de Pedro Canário (ex-Taquaras). Elevado à categoria de município.
Pela Lei Estadual n.º 4.075, de 11-05-1988, é criado o distrito de Braço do Rio e anexado ao município de Conceição da Barra.
Em divisão territorial datada de I-VI-1993, o município é constituído de 3 distritos: Conceição da Barra, Braço do Rio e Itaúnas.
Em divisão territorial datada de 2015, o município é constituído de 4 distritos: Conceição da Barra, Braço do Rio , Cricaré e Itaúnas.
Assim permanecendo em divisão territorial de 2017.

Fonte

Conceição da Barra (ES). Prefeitura. 2017. Disponível em: http://www.conceicaodabarra.es.gov.br/default.asp. Acesso em: abr. 2017.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.18.0