Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Avenida Senador Vitorino Freire : Pinheiro, MA - [19--]
Patronato São Tarcísio : Pinheiro, MA - [19--]
Vista aérea da cidade : Pinheiro, MA - [19--]
Rua Luís Domingues : Pinheiro, MA - [19--]
Igreja de Santo Inácio de Loyola : Pinheiro, MA - [19--]
Avenida Getúlio Vargas : Pinheiro, MA - 1956
Veja mais fotos

História

Naquela manhã, ao atingir a ponta de uma enseada, o capitão-mor Inácio José Pinheiro parou o belo cavalo baio que montava e, deslumbrado, percorreu com a vista a planície imensa que se desdobrava à sua direita e a mata espessa que havia lá muito longe, à esquerda, a cuja frente se lhe afigurava a existência da superfície lisa de uma lagoa. E então pensou: parece que descobri o que procurava, depois de tantas fadigas.
De fato, fazia oito dias que ele deixara as comodidades do seu magnífico solar de Alcântara para ir às suas fazendas do Tubarão, onde, na última ferra, contara 3000 cabeças de gado, e verificara mais uma vez a pequenez da pastagem para o acúmulo dos bovinos dos dezoito fazendeiros lá existentes. Convencera-se que com aquele pasto pisado não haveria criação que prosperasse. Mudou a fazenda. Outros fazendeiros vieram-lhe atrás, já que a experiência e saber do capitão-mor de Alcântara eram reconhecidos por muitos. Serviçais e agregados ajuntaram-se em torno das novas fazendas. Formaram-se então vários agrupamentos, dos quais os maiores não tinham mais de que cinco fogos e todos reunidos não contavam duzentas pessoas.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Pinheiro pela Lei Provincial n.º 370, de 26-05-1855, subordinado ao município de Guimarães.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Pinheiro pela Lei Provincial n.º 439, de 03-09-1856, sendo desmembrado de Guimarães. Sede na atual vila de Pinheiro. Constituído do distrito sede. Não temos a data de instalação.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, aparece constituído de 3 distritos: Pinheiro, Bom Viver e Pacas.
Elevado à condição de cidade com a denominação de Pinheiro pela Lei Estadual n.º 911, de 30-03-1920.
Pelo Decreto Estadual n.º 268, de 19-04-1932, o município de Pinheiro adquiriu o extinto município de Santa Helena.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933 o município é constituído de 2 distritos: Pinheiro e Santa Helena, não figurando os distritos de Bom Viver e Pacas.
O Decreto n.º 919, de 30-09-1935, desmembra do município de Pinheiro o distrito de Santa Helena, elevado novamente à categoria de município.
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937 o município é constituído do distrito sede.
Pela Lei Estadual n.º 269, de 31-12-1948, é criado o distrito de Roque e anexado ao município de Pinheiro.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960 o município é constituído de 2 distritos: Pinheiro e Roque. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2014.

Fonte

Pinheiro (MA). In: ENCICLOPÉDIA dos municípios brasileiros. Rio de Janeiro: IBGE, 1959. v. 15. p. 274-280. Disponível em: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv27295_15.pdf. Acesso em: ago. 2015.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.32