Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Relevo na cidade de Caldas (MG) - 1958
Relevo na cidade de Caldas (MG) - 1958
Relevo na cidade de Caldas (MG) - 1958
Veja mais fotos

História

Caldas Minas Gerais - MG
Histórico
Com o menor rendimento dos centros auríferos, faiscadores empobrecidos buscaram regiões favoráveis a agricultura e a pecuária. O Planalto da Pedra Branca, de que Caldas é econômica e geograficamente integrante, está ligado a esse ciclo agropecuário. Por volta de 1780, o português Antônio Gomes de Freitas e sua mulher, Maria Rodrigues Machado, residentes em Aiuruoca, compraram a 'Fazenda dos Bugres', assim denominada por julgar-se ter sido o território da antiga aldeia de índios tapuias, seus primitivos habitantes, conforme vestígios encontrados nas proximidades do ribeirão que banha o povoado e que também tomou esse nome (Ribeirão dos Bugres). Além das razões de ordem econômica, motivos de natureza política (opressão do Reino em Vila Rica, no Tijuco e em São João del Rei) contribuíram para o povoamento do Planalto.
A região desenvolvida e valorizada, passou a ser conhecida pelo nome de Campos de Caldas, afirmando-se como grande produtora de uvas. Data de 1876 o início da fabricação de vinho de uvas, tornando-se conhecido em todo o País. A intensificação da cultura vinícola motivou a mudança do seu nome para Parreiras. Posteriormente, passou a denominar-se Caldas, isto é, lugar onde nascem fontes termais, cujas aguas tem poderes medicinais principalmente para doenças cutâneas.

Gentílico: Caldense

Formação Administrativa
Freguesia criada com a denominação Rio Verdes das Caldas, pelo Alvará de 27-03-1813 e por lei estadual .
Elevado à categoria de vila com a denominação de Rio Verde das Caldas, pela Lei nº 134, de 16-03-1839, empossando-se Câmara Municipal da nova Vila em 13 de dezembro do mesmo ano, com sede na antiga vila de Rio Verdes das Caldas.
Pela lei provincial n 1581, de 22-07-1868, e por lei estadual nº 2, de 14-09-1891, é criado o distrito de Santa Rita de Cassia do Rio Claro e anexado ao município de Caldas. Elevado à condição de cidade com a denominação de Caldas, pela lei provincial nº 2087, de 24-12-1874. Pela lei estadual n 513, de 11-10-1909, o distrito de Santa Rita de Cassia do Rio Claro passou a denominar-se Santa Rita de Caldas. Pela lei estadual n 556, de 30-08-1911, é criado o distrito de Ipuiuna e anexado ao município de Caldas. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município de Caldas é constituído
de 3 distritos: Caldas, Ipuiuna e Santa Rita de Caldas.
Assim permanecendo nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920.
Pela lei estadual n 843, de 07-09-1923, é criado o distrito de Ibitiúra, desmembrado do distrito de Santa Rita de Caldas e anexado ao município de Caldas.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 4 distritos: Caldas, Ibitiúra, Ipuiuna e Santa Rita de Caldas.
Assim permanecendo na divisão territorial datada de 31-XII- 1936 e 31-XII-1937.
Pelo decreto lei estadual nº 148, de 17-12-1938, o município de Caldas passou a denominar-se Parreiras.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município já denominado Parreiras é constituído de 4 distritos: Parreiras, Ibitiúra, Ipuiuna e Santa Rita de Caldas.
Pelo decreto lei estadual nº 1058, de 31-12-1943, desmembra do município de Parreiras os distritos Santa Rita de Caldas e Ipuiuna, para formar o novo município de Santa Rita de Caldas.
Pela lei estadual nº 336, de 27-12-1948, o município de Parreiras voltou a denominar-se Caldas. Sob a mesma lei é criado o distrito de Santana de Caldas e anexado ao município de Caldas.
Em divisão territorial datada de I-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos: Caldas, Ibitiúra e Santana de Caldas.
Pela lei estadual nº 1039, de 12-12-1953, é criado o distrito de São Pedro de Caldas e anexado ao município de Caldas.
Em divisão territorial datada de I-VII-1955, o município é constituído de 4 distritos Caldas, Ibitiúra, Santana de Caldas e São Pedro de Caldas.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de I-VII-1960.
Pela lei estadual nº 2764, de 30-12-1962, desmembra do município de Caldas o distrito de Ibitiúra. Elevado á categoria de município com a denominação Ibitiúra de Minas.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3 distritos: Caldas, Santana de Caldas e São Pedro de Caldas.
Pela lei estadual nº 8285, de 08-10-1982, é criado o distrito de Laranjeiras de Caldas ex-Laranjeiras, desmembrado do distrito de Santana de Caldas e anexado ao município de Caldas.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1983, o município é constituído de 4 distritos: Caldas, Laranjeiras de Caldas, Santana de Caldas e São Pedro de Caldas.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alterações toponímicas municípais
Santa Rita de Caldas para simplesmente Caldas alterado, pela lei provincial nº 2087, de 24-12-­1874.
Caldas para Parreiras alterado, pelo decreto lei estadual n 148, de 17-12-1938.
Parreiras para Caldas alterado, pela lei estadual nº 336, de 27-12-1948.

Fonte

IBGE / Monografia Municipal, Enciclopédia dos Municípios Brasileiros
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.40